Vindima Góes: Oportunidade única de vivenciar a colheita ainda este ano

20170531_123455

Este será o último final de semana, dias 16 e 17 de fevereiro

Quer vivenciar uma oportunidade única junto às videiras? Colher uvas e ver todo o processo?

A Vinícola Góes proporciona mais uma vez esta experiência exclusiva e com novidades.

Logo pela manhã os visitantes recebem seu chapéu e após assistirem aos vídeos sobre a empresa e seus vinhos, são conduzidos pelo trenzinho ao local onde as uvas estão plantadas. É possível ver uma enorme variedade delas e observar o campo e o plantio.

Após algumas explicações cada participante recebe uma cesta e uma tesoura e vai colher tranquilamente suas uvas.

20190125_113539

A experiência é muito agradável e especial, pois além de colher os cachos que nesta época estão maravilhosos, é possível provar das uvas também e se deliciar com o néctar adocicado e único.

Circulando pela empresa é possível conhecer um pouco do método de produção do vinho e até participar do “pisa pé” que é o momento mágico onde o visitante “pisa” nas uvas e estas são processadas para virarem vinho.

20190125_113607

Na sala ao lado do “pisa pé” todo participante pode provar os sucos de uva produzidos ali mesmo e também o chopp de vinho, sucesso absoluto de vendas da Vinícola Góes.

20190125_132825

O pacote da colheita inclui todo o passeio e também o almoço na vinícola. Um almoço delicioso ao ar livre com a variedade de vinhos produzidos servidos à vontade.

20190125_140737

Há uma área de descanso nova próxima ao local do almoço onde é possível relaxar na rede e lá permanecer no passeio. Após o almoço, se houver interesse, é possível ainda beber dos vinhos produzidos pagando os preços relativos às taças servidas.

O retorno para a sede da vinícola é feito com um ônibus temático montado para o percurso e que sai de meia em meia hora.

Cada visitante leva para casa o seu chapéu e também uma foto e porta retratos, exclusivo.

20190125_092544

Não perca a oportunidade de vivenciar esta experiência.

Dias 16 e 17 de fevereiro serão os últimos dias da vindima, que este ano, mais uma vez, está sendo um sucesso!

Entre no site com urgência  www.vindimagoes.com.br e se programe!

Maiores informações:

(11) 4711 3500 ou pelo email marketing@vinicolagoes.com.br

Saúde!

Almoço no Celeiro da Fazenda e o vinho Philosophia em degustação inédita de suas duas safras

20171101_130018

Não é sempre que temos a oportunidade de reunir um Chef e seus pratos especialíssimos com a inédita degustação de 2 safras do vinho Philosophia da Vinícola Góes.

No caso o Chef é o Arturo Salano, experiente na elaboração de seus pratos e apresentando um conceito de comida do interior no Restaurante Celeiro da Fazenda, localizado na zona norte de São Paulo, onde estive.

20171101_121520

O restaurante e os pratos elaborados, era tudo o que precisávamos para que a experiência de provar o vinho Philosophia em suas duas únicas safras fosse completa.

Já havia provado a primeira safra do vinho (2014), elaborado com 100% da uva Cabernet Franc. A ideia era provar as duas safras (2014 e 2016) harmonizando com comida variada.

Philosophia safra a ser lançada em 2018

Philosophia safra a ser lançada em 2018

Em visita a Vinícola Góes, eu e meu amigo jornalista Álvaro Cézar Galvão, fomos os únicos a provar a safra 2017 ainda em tanques de inox, safra a ser lançada no decorrer do ano de 2018. Um vinho que promete no nosso entendimento, ser o melhor de todas as safras anteriores, pelo potencial tânico e características apresentadas na prova pré evolução em barricas de carvalho. Ao menos este foi o nosso consenso de momento.

O que podemos dizer de toda esta experiência, é que o conceito de harmonizar vinho e comida, experimentar diversos pratos e opções, se torna completo justamente pela tentativa e erro.

No caso esta prova de safras do Philosophia envolveu pratos com carne vermelha, aves, suínos e entre saladas, risotos e linguiças, a cada gole, evidenciamos os sabores e aromas.

Antes porém a prova foi ás cegas e sem alimento, sem sabermos que safra era. Verificamos que a safra mais atrativa, em evolução e características de complexidade, ainda era a safra 2014. Claro, a safra 2016 tem potencial de evolução ainda não ocorrido, mas julgamos que a safra do 2014 revela nuances únicos e exclusivos.

No final o consenso de harmonização perfeita, se deu no vinho da safra 2014 com carne e do vinho 2016 gostei bastante com o frango assado.

20171101_130609

 

20171101_132554

Mas voltando ao Chef Arturo, fomos recebidos com simpatia em sua casa, e pudemos provar todo o seu buffet e ainda alguns pratos feitos exclusivos para a ocasião, como o risoto de funghi com cebola roxa e o pernil de cordeiro assado no vinho tinto, regado ao molho de jabuticaba e acompanhado de mini legumes assados na manteiga de ervas. Um show!

Restaurante Celeiro da Fazenda

Unidade Santana: Rua Luiz Dumont Villares, 651

Fone: (11) 2950-6090

Funcionamento:

Seg à Sexta – 12h às 15h30 e das 18h às 23h

Sáb e Dom – 12h às 23h

 

Unidade Perdizes: Rua João Ramalho, 647

 

Fone: (11) 3862-0578

Fone 2: (11) 3675-2696

Funcionamento:

Seg à Sexta – 11h30 às 15h30

Sáb, Dom – 12h às 16h30

 

 

 

 

Vinícola italiana Torrevento é aposta certa da La Pastina

La Pastina 1

Durante almoço promovido pela La Pastina foram apresentados cinco vinhos da região da Puglia.

Originados de vinícola localizada a poucos quilômetros de Castel del Monte, em uma área conhecida como Torre do Vento e edificada em um antigo monastério do século 18, marcado por grossas paredes de pedra seca e equipada com antigas caves situadas a 8 metros de profundidade, um lugar ideal para a maturação e envelhecimento de vinhos de qualidade.

A vinícola está localizada no coração da ensolarada e selvagem Murgia, combina o velho e o novo, interpretando antigas tradições e espalhando cultura.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Os cinco vinhos provados e harmonizados no almoço foram: Torrevento Branco Pezzapiana DOC 2013, Torrevento Tinto Bolonero DOC 2012, Torrevento Tinto Vigna Pedale Riserva DOC, Torrevento Branco Dulcis in Fundo DOC 2009 e Torrevento Tinto Ottagono Castel del Monte DOCG 2011.

– Torrevento Branco Pezzapiana DOC 2014

Vinho elaborado com as castas Bombino Bianco (70%) e Pampanuto (30%), estagiu em tanque de aço inox por 3 meses.

Casta muito interessante que confere muitos aromas e acidez na medida certa.
A cor é um amarelo límpido, palha e brilhante. Nos aromas apresenta frutas brancas maduras e flores silvestres. Em boca é fresco e untuoso. O final é agradável e tem boa persistência.
Ideal como aperitivo ou com saladas a base de pescados e frango.
Preço sugerido: R$ 58,00 

– Torrevento Tinto Bolonero DOC 2012

Nero di Troia (70% e/ou 75%) e Aglianico (30% e/ou 25%) são as castas apresentadas neste vinho que envelhece em tanques de aço inox por 8 meses. A colheita também é manual.
No visual tem vermelho rubi intenso e brilhante.

O Aglianico confere muito sabor e um toque sutil aveludado.

Aroma de frutas vermelhas maduras com toques de especiarias, taninos firmes, persistentes com final longo.
Acompanha carnes vermelhas assadas, massas a base de molho de tomate, salames e queijos de massa dura.
Preço sugerido: R$ 58,00
Prêmios: 3 Bicchieri 2015 Gambero Rosso

– Torrevento Tinto Vigna Pedale Riserva DOC 2010

Produzido com a casta Nero di Troia passa 8 meses em tanques de aço inox antes de estagiar por 12 meses em barricas de carvalho. Vinho de cor rubi intenso, aromas de frutas negras maduras e toques de tostado. Na boca bom corpo e complexidade com notas de defumado.

Ideal com carnes de sabor mais intenso, massas com molhos a base de carnes vermelhas e embutidos variados. Queijos de massa dura e sabores intensos.
Preço sugerido: R$ 110,00
Prêmios: 7 anos consecutivos – 3 Bicchieri Gambero Rosso

– Torrevento Branco Dulcis in Fundo DOC 2009

Este vinho branco é elaborado com a casta Moscato Reali di Trani com passagem em tanque de aço inox por em 8 meses. Prensagem e fermentação com temperatura controlada com interrupção programada para preservar o açúcar residual da uva.
Amarelo dourado brilhante. Intensidade aromática apresentando frutas brancas maduras e leves toques florais e minerais. Em boca é equilibrado com doçura remetendo a frutas tropicais.

Ideal com sobremesas a base de frutos secos, castanhas e bolos de massa branca com frutas.
Preço sugerido: R$ 88,00
Prêmios: Wine Enthusiast 90 pontos 2009

– Torrevento Tinto Ottagono Castel del Monte DOCG 2011

Vinho excepcional elaborado com Nero di Troia. Após as vindimas as uvas são transportadas para a adega e cuidadosamente selecionadas para serem maceradas e fermentadas. O vinho passa por afinamento durante 8 meses em cubas de cimento e amadurece em barricas de carvalho francês durante 12  meses.
De coloração rubi com reflexos violáceos. Seus aromas revelam notas de frutas negras maduras, como ameixa e cerejas e também de especiarias. Com médio corpo e taninos macios, é fresco e equilibrado.
Massas ao molho vermelho, carnes vermelhas assadas e queijos de média maturação.
Preço sugerido: R$ 172,00
Prêmios: Medalha de prata no Decanter Awards 2014, 2 Bicchieri Gambero Rosso

Importado com exclusividade pela La Pastina.

www.lapastina.com
SAC: 0800-7218881

 

 

Vinhos da Vinícola Cecchi são lançamentos da La Pastina no Brasil

La pastina logo

Cecchi II logo

A Importadora La Pastina trouxe para o Brasil três rótulos especialíssimos da Itália, produzidos pela Vinícola Cecchi da Toscana.

Foram apresentados pela Gerente de Exportação, Gabrizia Cellai esta semana em almoço harmonizado para a imprensa, seguem abaixo nossas impressões:

Cecchi la Mora Morelino di Scansano DOCG: Da região de Maremma, é um vinho agradável e dinâmico.

Da comuna de Grosseto é elaborado com as castas Sangiovese (90%) e outras variedades (10%) e envelhecido em tanques de aço inox por 6 meses.
Harmoniza com carnes grelhadas, molhos leves e massas com molhos ao sugo.
Notas de prova: De cor vermelho rubi intenso com reflexos violáceos. Possui notas de frutas vermelhas maduras com toques de especiarias. Na boca é macio, encorpado, remetendo as frutas vermelhas, taninos firmes e equilibrados com final longo e persistente.
Preço sugerido: R$ 85,00

Cecchi Riserva di Famiglia Chianti Classico DOCG: Rótulo mais representativo da vinícola, produzido apenas quando a uva alcança uma qualidade excepcional.

Este vinho tinto da comuna Castellina in Chianti é elaborado com as castas Sangiovese (90%) e outras variedades (10%) e envelhecido por 12 meses em barricas de carvalho.
Harmoniza com carnes vermelhas assadas, cozidos e massas com molhos intensos.
Notas de prova: De cor vermelho rubi brilhante, apresenta aromas de frutas vermelhas maduras, notas de especiarias e toques de tostado. No paladar é encorpado, elegante e equilibrado. Foi o vinho que mais apreciei na degustação.
Premiação: Robert Parker 90 pontos.
Preço sugerido: R$ 180,00

Cecchi Coevo IGT 2009: Este vinho tinto da Toscana é elaborado com as castas Sangiovese (50%), Petit Verdot (30%), Cabernet Sauvignon (10%) e Merlot (10%) e envelhecido em barricas por 18 meses, seguido de afinamento em garrafa por 12 meses.
Harmoniza com carnes com sabores intensos (tipo de caça), acompanhadas com molhos encorpados.
Notas de prova: De cor rubi com reflexos alaranjados, é complexo no aroma, com bastante presença de frutas vermelhas maduras, nota de chocolate amargo e toques defumados. O frescor da uva Sangiovese é completado com a imponente e estruturada Cabernet Sauvignon, as notas suaves e sedosas são da Merlot e Petit Verdot.
Premiação: Due Bicchieri Rossi – Vinid ’Italia 2013 Gambero Rosso.
Safra 2011: Tri Bicchieri 2015 Gambero Rosso / James Suckling – 92 pontos  / Robert Parker 91 pontos.
Preço sugerido: R$ 395,00

Importado com exclusividade pela La Pastina, esses vinhos podem ser encontrados no Super Adega, Zaffari, Sam´s Club e Sonda.

www.lapastina.com
SAC: 0800-7218881