Importadora Barrinhas oferece kits de final de ano

Sugestões de vinhos e kits especiais para presentear em todos os estilos

Com a chegada do natal e ano novo, nada melhor que presentear com kits especiais.

Pensando nisso, a Importadora Barrinhas criaou kits especiais que cabem em qualquer bolso.

Entre a lista de desejos estão marcas premium, produtos de qualidade e uma ótima relação custo-benefício.

Abaixo os KITS de presentes:

Barrinhas 1

Kit Porto Quinta das Carvalhas 10 anos com Decanter

Outra pérola da vinícola Real Companhia Velha, o Porto Quinta das Carvalhas 10 anos vem acompanhado de um Decanter. É feito com as uvas Touriga nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz e Tinta Barroca. Bouquet elegante e harmonioso, reflexo do tempo de envelhecimento. Preço sugerido R$ 200,00.

Barrinhas 2

Kit 2 gfs Misto Indomita Gran Reserva

Vem do Chile, mais especificamente do Valle do Maipo, esse Gran Reserva que ganhou 89 pontos no conceituado Guia de Vinhos “Descorchados” e medalha de bronze no International Wine & Spirit Competition, 2010.  Feito com 90% Cabernet Sauvignon e 10% Carmenérè fica de 10 a 12 meses em barricas de carvalho francês e americano. Apresenta sabor encorpado e harmonioso com final persistente. Preço sugerido R$ 79,00.

Barrinhas 3

Kit Vinho Royal Oporto 40 anos com estojo

Este Porto é espetacular! Produzido na região do Douro, Portugal, este porto é feito com as uvas Touriga Nacional, Touriga Francesa, Bastardo,Tinta Roriz, Tinta Carvalha (preço a consultar).

Barrinhas 4

Barrinhas 5

Kit Kit Livro História Brasil, Douro e RCV com Porto Dom José Tawny Jubileu

Produzido pela aclamada Real Companhia Velha este Porto é feito com Touriga Nacional, Touriga Francesa e Tinta Roriz, uma verdadeira explosão de sabores e sentidos.  (Preço a consultar).

barrinhas 6

Kit 3 gfs Muralhas de Monção

Produzido pela Adega de Monção, este vinho verde Branco DOC é feito a partir das uvas Alvarinho e Trajadura.

barrinhas 7

Vinho Tinto Malhadinha  Gf Magnun 1,5 lt em caixa de madeira

Este tinto produzido pela Herdade da Malhadinha Nova é feito com as uvas Alicante Bouschet, Syrah, Tinta Miúda e Touriga Nacional.  (preço a consultar).

 

SOBRE A BARRINHAS

Respeito e credibilidade junto aos exportadores e clientes pela seriedade e solidez da empresa, logística e assistência pós venda eficiente, ótima relação com o mercado. Produtos líderes e marcas de referência no mundo do vinho. Esses são os diferencias da importadora. Uma história que começou em 1990, fundada por Alexandre Moreira, imigrante português que chegou ao Brasil em 1958, juntamente com seus dois filhos.

Ao longo dos anos, a empresa foi crescendo seu portfólio de produtos, sempre respeitando o objetivo inicial: importar apenas produtos de qualidade e com prestígio internacional.

Hoje a empresa está em sua terceira geração e continua o trabalho dos seus fundadores.

A matriz está localizada no Rio de Janeiro, onde a importadora conta com sede própria de 4 mil m2, sendo metade do espaço dedicado a uma área climatizada ideal para estocar os vinhos.

Importadora Barrinhas:
Endereço: Rua da Farinha, 860, Penha – Rio de Janeiro. Tel.: (21) 2131- 0021

Email: faleconosco@barrinhas.com.br

 

 

Vinho espanhol Tocado é versátil, fácil de beber e de harmonizar

La pastina logo

A La Pastina incorporou ao seu portfólio o vinho Tocado 2017. Um tinto espanhol corte das uvas Garnacha (85%), Cabernet Sauvignon (10%) e Tempranillo (5%).

Na ficha técnica não fala nada sobre envelhecimento em barricas, provando o vinho eu suponho que seja apenas a expressão da fruta com passagem em inox, tanto pela leveza apresentada como pela suavidade dos taninos.

Vinho jovem e vibrante em seus nuances e cores, o Tocado se apresentou versátil para harmonização por todas as suas características. A fruta é a parte marcante em sua estrutura olfativa e gustativa, com toques floras sutis e um bom equilíbrio em boca.

20181127_183159

Para acompanhar o Tocado elaborei uma polenta com um molho que levou um pouco de calabresa picada, cebola, azeite e sal, leve pimenta dedo de moça, azeitonas picadas e tomate.

Também aproveitei e abusei do azeite na composição do prato.

No final vinho e polenta criaram uma sinergia de sabores elevando a percepção de cada um deles individualmente e na soma em boca.

20181127_183108

Observando o sabor posso dizer que o vinho combina bem com carnes e molhos, uma boa pizza de queijos não muito fortes e massas com molho vermelho.

A grande notícia é que o custo X benefício é bom, o vinho está na faixa de R$ 54,00 e começa a ser distribuído ao comércio.

Uma das suas características é a alusão ao touro no rótulo e as cores vibrantes que lembram a Espanha. Produzido pela Bodega Borsao, em Campo de Borja, com D.O. revela a expressão da Garnacha, incorporada a um toque da cabernet, que dá um pouco mais de estrutura e a tempranillo, uva reconhecidamente ícone da Espanha.

É provar e se deliciar!

Serviço:

La Pastina

www.lapastina.com.br

 

Festival do Espumante se consolida como evento único do calendário nacional

20181124_151033

Evento aconteceu no Centro de Convenções Frei Caneca

Evento de degustação dá o start para o clima do verão e das festas de final de ano. Reuniu 26 importadoras e vinícolas com apresentação de mais de 140 rótulos escolhidos a dedo, sendo 11 lançamentos, todos disponíveis para compras no dia do evento com preços promocionais que variavam de R$ 29,90 a R$ 399,00. Disponíveis na loja do Empório Frei Caneca.

Dos participantes estavam:

Adega Alentejana, Baccardi/Martini, Barrinhas, Cantu, Casa Flora, Casa Perini, Casa Valduga, Cave Geisse, Decanter, Devinum, Don Guerino, Épice, Grand Cru, Inovini, Interfood, Italiamais, La Pastina, Miolo, Moët Henessy (Champagne Veuve Clicquot e espumante Chandon), Pernod Ricard (Champagne Perrier Jouet), Puklavec, Qualimpor/Freixenet, Ricex, Salton, Vinícola Aurora e Winebrands.

Mais uma vez a organização foi impecável! Fazendo do evento/degustação um momento de descontração onde pude experimentar as novidades e também os rótulos que eu não conhecia.

Claro que tenho meus destaques pessoais que encantaram e sobre eles falarei um pouco mais abaixo.

Mas o que valeu mesmo foi a oportunidade de provar espumantes de diversos países e tipos em um único espaço. Show!

20181124_160026

– O Cava Muga Conde de Haro Extra Brut, importado pela Épice e na faixa de R$ 99,00 no dia do evento.

Um  espumante único! De Rioja, Espanha. Corte das uvas Viura (90%) e Malvasia (10%), com 12,5% de teor alcoólico.

Com primeira fermentação em depósito de madeira de mil litros. A segunda fermentação se dá na garrafa em método tradicional. Tem excelente estrutura, perlage fino e abundante, predominam as frutas, flores e notas de mel e baunilha. Bastante complexo e elegante.

Um dos que mais apreciei na prova.

20181124_162542

– O Espumante Bocelli Brut Rosé foi outro que me inspirou. Importado pela Itália Mais.

Na composição 50% Chardonnay, 35% Prosecco e 15% Pinot Noir. Passa três meses em garrafa. É delicioso, fino, com ótima acidez e ao mesmo tempo é seco.

Tem no final de boca uma sensação de doce de goiaba, ou goiaba mesmo.

Sensacional! Faixa de preço no dia do evento de R$ 112,00.

20181124_154250

– Outro que me encantou e encanta, sendo uma ótimo custo x benefício é o Espumante Casa Valduga Sur Lie, claro, da Casa Valduga, Brasil, Vale dos Vinhedos.

Na composição 80% Chardonnay e 20% Pinot Noir.

Passa por maturação mínima de 30 meses em cave + evolução até abertura da garrafa e maturação parcial (10%) em barricas de carvalho francês

Na faixa de R$ 69,00.

Se apresenta em sua forma mais bruta, sem dégorgement e consequentemente, sem dosagem pós-dégorgement de licor de expedição.

Por não passar por este afinamento, a autólise das leveduras ocorre enquanto a garrafa mantem-se fechada. Esse é o grande diferencial deste exemplar, ele continua envelhecendo por tempo indeterminado e a decisão de interromper esse processo é única e exclusiva sua, que decidirá o tempo de maturação da bebida, para aprecia-la conforme sua preferência.

Mais alguns outros que me encantaram:

Espumante Casa Valduga 130 Blanc De Noir, os Líricas da Decanter, os Champagnes Taittinger Brut Reserve Blanc e Prestigie Rosé e o Champagne Deutz Brut Classic.

Para harmonizar tivemos um buffet especial composto por risoto de funghi chileno, ceviche, terrine, dadinho de tapioca, polenta em cubos, mini tartar de salmão, homus, caponata, castanhas, queijos, frios, frutas, pães, patês, azeitonas, canapés, espetos mistos, voulevant de creme com frutas, mini cookies e frutas secas.

20181124_182316

Outro evento destes agora? Ah! Só no ano que vem!

Saúde!

Franciacorta é amor a primeira vista

Franciacorta

Love, life and Franciacorta. Perfume, elegância e delicadeza, dentro e fora da taça

Como falar de amor e vinhos sem mencionar a Itália e minhas raizes?

Pensei bastante nas uvas que gosto, na Chardonnay, na Pinot Noir e nos vinhos em geral e só pude imaginar uma uva, ou uvas,  para descrever o que e quem me representaria no amor.

Descobri que o amor é feito de blend, é mescla, mistura, corpo e alma, é passado, presente e futuro. É tradição, são histórias contadas, é o tempo.

Uni meu gosto pessoal e alguns contrastes, bem como certos aspectos individuais que seriam a minha complementação.

Pensei mais uma vez na Itália, berço do vinho, nos significados, nos sinais e claro, no sentimento.

Pensei nos aromas, comparei perfumes, pele, cor, sabor e textura.

Pensei na forma, no corpo, na alma, nas pernas ou lágrimas, na intensidade, no toque nos lábios, nas revelações, nas descobertas ou redescobertas.

Na evolução… na taça, na garrafa… no ontem, no hoje e no amanhã.

Pensei nas borbulhas, na picância, no desejo…

Me dei conta que assim como no amor, o vinho não pode ser enjoativo, ele tem que ser crescente, tem que permanecer, fazer sua graça, dançar na leveza e nas borbulhas, na língua, no olhar, no corpo em si.

Pensei ainda na autenticidade, na profissão, no ensino e aprendizado constante.

No conhecimento da língua, nas origens e onde tudo começou.

franciacorta-paesaggio

Onde o amor começou… ele sempre!

Meu pensamento não alcança, mas meu coração e sentimento sabem que a visão do hoje é reflexo de um passado distante, e veio de pai para filho, tal qual a terra em suas gerações, emanações do passado em reflexo presente.

Aí sim pensei: O amor é blend e como mistura leva a característica de várias uvas, semelhantes as qualidades, cada uma em sua parcela onde uma complementa a outra.

Franciacorta, método tradicional, “Champenoise” que o tempo prepara, espera, invade, torna sutil e complexo.

O conteúdo, nele, com ele, completo nele.

Nada como representar o amor pelo perlage, as borbulhas, lembrando do impacto do beijo, o estalo na língua.

Mil vidas, mil..cor..ações em ações que um Deus compreende na composição das telas, das teias, da terra, da vida!

Vem da Chardonnay, da Pinot Noir e da Pinot Blanc, algo que vai da característica individual à complexidade da estrutura formada, feita, lapidada.

Da essência à vivência.

Provar um Franciacorta, é mudar a perspectiva de tudo aquilo em que já se acreditou, vivenciou, viveu.

De taça em taça, em paradas muitas, sem sentido, sem emoção, sem verdades e sem esperanças… até chegar aqui, provar, sentir, se deliciar…complementar.

Franciacorta é a experiencia que muda uma vida e sua visão de mundo, sua ótica, sua perspectiva, seu sentir

É redundância, é pele, são corações.

É alma gêmea.

É amor a primeira vista!

Francia