Espumantes Georges Aubert: Harmonização com o cardápio da ceia

Aubert logo

Tradicional marca sugere combinações

O espumante faz parte da tradição nas ceias de Natal e na virada do ano. Elegantes e sofisticados aliam a boa bebida, o bom momento e são refrescantes para a época do ano e verão. Para apreciar melhor a bebida é preciso ficar atento ao tipo que melhor combina com cada prato do cardápio e também servir na temperatura certa.

Para acertar na escolha, Romildo Della Costa, enólogo da CRS Brands que elabora a marca de espumantes reconhecida e premiada Georges Aubert, selecionou algumas dicas, são elas:

Nature

É o mais seco dos espumantes, mantendo o mínimo de açúcar residual (de 0 a 1g/litro). O Georges Aubert Nature é produzido com uvas Chardonnay e Pinot Noir pelo método tradicional, em que a segunda fermentação que forma as bolhas acontece na própria garrafa. A bebida tem sabor fresco e ao mesmo tempo corpo, apresentando aroma intenso e complexo com um retrogosto que combina notas de maçã verde, amêndoas, pêssego, nozes, florais e pimenta branca. Temperatura sugerida de serviço: 6ºC a 8ºC.

Brut tradicional

Brut Tradicional

Também produzido pelo método tradicional francês, o espumante brut é seco, de acidez elevada, porém com pouco açúcar (24g/litro). Produzido com uvas Chardonnay e Pinot Noir, o Georges Aubert Brut Tradicional se caracteriza pelo aroma intenso e frutado, com também notas minerais. Me surpreendi bastante ao receber este espumante e poder desfrutar de toda a qualidade. Começando pelo perlage abundante, os aromas deliciosos de “panificação e fermento”, aliado ao frescor em boca, é ideal para acompanhar pratos mais sofisticados e também os mais condimentados em harmonizações certeiras e muito agradáveis.

Brut Charmat

Espumante seco se caracteriza pelo sabor marcante com frescor cítrico. No caso do Georges Aubert Brut, pode se sentir o aroma suave de flores brancas com tons picantes, além de notas que lembram doces e frutas secas. Harmoniza perfeitamente com pratos como camarão, lagosta e vieiras grelhadas, peixes crus (sushis e sashimis), além de carnes e aves. A temperatura ideal para servi-lo é 6ºC.

Brut Rosé

Espumante seco de coloração rosada se caracteriza pela leveza e elegância no sabor. O Georges Aubert Brut Rosé se destaca pelo aroma com predomínio inicial de frutas vermelhas frescas, como amora, morangos silvestres, cerejas e framboesa, evoluindo no segundo momento para notas de frutas secas. A bebida combina bem com aves e pratos à base de carnes vermelhas, como carpaccio e cordeiro com figos, saladas e aperitivos com caviar, ostras frescas e frutos do mar. Sirva a temperatura de 5ºC e 7ºC.

Prosecco

Este tipo de espumante possui maciez e frescor, é equilibrado e com uma acidez marcante. Produzido 100% com uvas do mesmo nome, Georges Aubert Prosecco harmoniza muito bem com carnes de porco, camarão, frutos do mar e até curry e temperos picantes. Sirva a temperatura de 6ºC a 8ºC.

Demi-Sec

É um espumante mais doce e versátil. Sua leve acidez combina perfeitamente com o sabor de sobremesas, doces e frutas. O Demi Sec da marca Georges Aubert tem notas frutadas das uvas, combinadas com notas de pêssego e flores brancas. Também vai bem com grelhados leves e peixes. Sirva a temperatura de 6°C.

Moscatel

Elaborado com uvas moscatéis pelo processo Asti, método este originário do norte da Itália em que a fermentação acontece em uma única etapa em tanque de aço. O espumante moscatel da Georges Aubert tem sabor marcante da fruta, notas de bergamota, laranjeira, abacaxi, pêssego e ervas aromáticas. É perfeito para acompanhar frutas frescas e sobremesas. Temperatura ideal de resfriamento 4ºC a 6ºC.

Moscatel Rose

Elaborado com uvas moscatéis pelo processo Asti, método este originário do norte da Itália em que a fermentação acontece em uma única etapa em tanque de aço. O espumante moscatel da Georges Aubert tem sabor marcante da fruta vermelha em intensidade suave, notas de morango e cereja e amora. É perfeito para acompanhar canapés, sobremesas como bolo, sorvetes e frutas em calda. Temperatura ideal de resfriamento 4ºC a 6ºC.

Outras dicas

Para o espumante mostrar todo o seu potencial, o mesmo deve ser armazenado em ambiente fresco, com controle de temperatura, livre de trepidações e sem contato com a luz.

Quem quiser variar pode servir o espumante com pedaços de frutas frescas, como morango, uva, cereja, laranja, limão siciliano, maçã e pêssego.

CRS Brands desde 1926

A empresa, que se destaca entre as mais expressivas indústrias brasileiras de bebidas alcoólicas da América Latina, é também detentora de diversas marcas. Além da Sidra Cereser e dos tradicionais vinhos Dom Bosco e Massimiliano, a empresa produz a Chuva de Prata, o vermouth Cortezano, vodkas Kadov e Roskoff, aguardente 88, aperitivo com malte whisky Chanceler, e os espumantes Georges Aubert. Seus produtos são exportados para mais de 40 países na América Latina, África e Ásia. Saiba mais em www.crsbrands.com.br

2ª Edição Invino Wine Travel Summit será em 5 de Abril de 2021

20201027_154046

Encontro internacional promove o enoturismo e será no hotel Unique em São Paulo

Com o cenário instável por conta da pandemia que afetou o turismo tanto no Brasil como no exterior, o INVINO WINE TRAVEL SUMMIT teve que ser reagendado.

O evento idealizado pela CapAmazon Tropical Marketing acontece no dia 05 de abril de 2021, no Hotel Unique, em São Paulo seguindo com os mesmos destacados patrocinadores como o Grupo Air France-KLM, Chandon, Design By Bourgogne, World Wine, Giordani Turismo e Queijos da França.

A programação do evento vem com as esperadas conferências de Sylvie Cazes da Cité du Vin e Nicolas Kovalenko da Vinícola Garzon, seus workshops e seus encontros agendados. Além disso, as experiências enogastronômicas com o chef Emmanuel Bassoleil, as degustações de vinhos com a World Wine, as degustações dos queijos da França e a presença de viticultores gaúchos em uma deliciosa masterclass da qual participaremos.

Para a próxima edição ainda será acrescentado como novidades uma programação on line de palestras e workshops. Além dos patrocinadores, Alpasíon Wine Lodges (AR), Entre Cielos (AR), Wine & adventures (AR), VIK (CL), Wine Paths (CL), Vinícola Goes (BR), Roteiro do Vinho de São Roque (BR), Vinícola Guaspari, (BR) são alguns dos expositores que integram a lista de 20 grandes entidades e players relevantes para o enoturismo, vindo tanto da Europa como das Américas.

Toda a agenda do INVINO Wine Travel Summit é definida pela Cap e conta com a colaboração de um Conselho formado por Carlos Cabral (enólogo, responsável pela seleção dos vinhos do Grupo Pão de Açúcar, fundador da Sociedade Brasileira dos Amigos do Vinho, palestrante e escritor); Carlos Henrique Abatayguara (presidente da Jet Set Turismo e membro da rede Virtuoso, amante de vinho e da gastronomia); Jean-Philippe Pérol  (Diretor do Invino, Diretor Associado da Amazon Rio Negro Turismo, especialista em turismo e amante de vinho); e Solange Souza (jornalista especializada em vinhos e gastronomia e editora do site Mesa Completa).

Sobre a CapAmazon

A CapAmazon Tropical Marketing é uma agência de Comunicação e Marketing especializada em Turismo, Gastronomia e Lifestyle que representa destinos turísticos, cruzeiros de luxo, redes de Hotéis, operadoras receptivas, destinos, assim como produtores de vinhos e agroalimentares. Criada em 2011 e com sede em São Paulo, a empresa atua também em outros países da América do Sul, fazendo parte da Sopexa – Agência internacional de marketing Food, Drink & lifestyle presente em 61 países.

 

Cono Sur Reserva Especial Pinot Noir 2018 e harmonização com risoto

20200916_115858

Vinho chileno recebeu 91 pontos no Guia Descorchados

Pinot Noir premium desta vinícola chilena de grande expressividade, faz parte da linha RESERVA ESPECIAL no conceito “Valley Collection” que determina o teroir correto para a uva certa, levando-se em consideração as características de cada vale, ou seja, seu microterroir.

Este conceito permite extrair o melhor de cada uva em adaptação estudada e testada nos diversos terroirs.

Sou amante da Pinot Noir, casta que exige cuidados extremos no plantio, no manuseio e também na vinificação.

Importado pela La Pastina, o vinho tem coloração rubi brilhante e claro. No nariz notas de frutas vermelhas maduras, sutil defumado, rosas, especiarias e canela. Em boca é fresco, acidez pronunciada, taninos macios, corpo leve e boa persistência.

Leve toque de pimenta e especiarias, frutas vermelhas como framboesa.

80% do vinho tem passagem por barricas de carvalho francês por 11 meses e os outros 20% em inox.

Parte das uvas é proveniente de San Antonio (85%) e Casablanca (15%). O teor alcoólico é de 14% em um conjunto harmonioso e complexo.

Harmonizamos com um risoto de alho poró e cogumelos e ficou esplendido!

Segue a receita para 1 pessoa (Para 2 pessoas dobre a quantidades).

20200926_110724

Risoto de alho poró e cogumelos

INGREDIENTES

Para o cogumelo:

200 gramas de cogumelos París

1 colher de sopa de manteiga

Sal a gosto

1 colher de sopa de azeite

½ cebola picada

1 colher se sopa de molho shoyu

1 colher de sopa de molho inglês

½ xícara de cebolinha picada

Para o risoto: (1 taça de vinho branco:opcional)

½ xícara de alho poró picado em rodelas

1 colher de sopa de manteiga

Sal a gosto

1 xícara de arroz arbóreo (Usamos o arroz arbóreo da La Pastina)

1 colher de sopa de azeite

½ cebola picada

1 tablete de caldo de legumes (se preferir fazer o caldo deixe ferver com vários legumes e utilize este caldo)

Modo de preparo dos cogumelos:

Em uma panela junte o azeite e a manteiga, em fogo baixo acrescente a cebola picada e o sal.

Deixe refogar levemente e adicione os cogumelos picados em fatias. Adicione o shoyu e o molho inglês e deixe refogar até ficarem mais escuros (cerca de 15 minutos), no final adicione a cebolinha e desligue o fogo. Reserve

Risoto – Tempo de preparo: 25 minutos

Em uma panela grande ferva a água com o caldo de legumes e experimente o sal.

Em outra panela refogue a cebola picada com o azeite e a manteiga, adicione a xícara de arroz arbóreo e mexa sempre adicionando conchas da água de legumes, nunca deixando secar e nem deixando de mexer.

Faça isso cozinhando o arroz por 20 minutos sempre mexendo (e não deixando grudar). Adicione os cogumelos que foram reservados e experimente o sal. Se precisar adicione mais uma pitada.

Mexa por mais 5 minutos e adicione o alho poró picado. Desligue a panela.

20200926_110853

Seu risoto está pronto!

La Pastina

www.lapastina.com.br

 

 

 

Importadora Portus Cale lança catálogo de vinhos Kosher

Tabor

A ideia é atender os diversos públicos e nichos de consumidores

Inovação é a palavra quando se trata da importadora Portus Cale que já apresenta em seu portfólio rótulos veganos e vinhos em lata.

Agora com uma seleção para a comunidade judaica, a importadora complementa ainda mais sua linha de produtos.

Com o crescimento das vendas na quarentena (quase 30% em volume no primeiro semestre de 2020) estamos observando uma tendência de aumento do consumo per capita, ou seja, o vinho está mais presente na mesa do brasileiro.

A Portus Cale tem focado não somente em fidelizar o consumidor tradicional de vinho, como alcançar novos públicos dos mais variados perfis, levando a cultura do vinho e elevando o consumo em nichos pré-determinados.

A marca apresenta desde vinhos em lata que facilitam o consumo em praias e festas, até rótulos veganos sem nenhum ingrediente de origem animal, e a distribuição pioneira do Moscatel de Setúbal com Screw Cap (rosca), em vez da tradicional rolha.
Agora a importadora também se volta para a comunidade judaica com novo catálogo de vinhos Kosher.Segundo a Confederação Israelita do Brasil, há cerca de 120 mil judeus no Brasil, a segunda maior população judaica na América Latina, atrás somente da Argentina.
Na seleção de vinhos Kosher é possível optar pelos tintos, como o Rashi Concord Grape: um vinho doce clássico com aromas de frutas cristalizadas e baixo teor alcoólico. Fácil de beber e versátil, o rótulo foi elaborado a partir de uvas selecionadas da casta Concord de New York.

Também produzido nos Estados Unidos com uvas cultivadas na Califórnia, o vinho Baron Herzog Cabernet Sauvignon é um Cabernet Sauvignon acessível, com aromas de frutas silvestres e sabores de amora e especiarias. Para fechar os tintos, destaque para o Tabor Tipsy Blend Kosher, uma mistura de uvas tintas que resultam em uma experiência agradável e alegre; além dos chilenos, Montesano Cabernet Sauvignon Kosher, com aromas e sabores de amora e mirtilo, e o Montesano Carmenere Kosher, com notas de cereja e um suave aroma de pimenta.

Kosher

Entre os brancos e rosés, o Tabor Tipsy Blend Kosher White um vinho seco que apresenta uma mistura de variedades de uvas brancas aromáticas, muito bem equilibrado com uma leve doçura e suavidade, foi o vinho que recebemos para degustar e muito em breve falaremos sobre ele e nossas impressões/harmonizações.

Outro destaque é o Espumante Gavioli Moscato Kosher, o bouquet é um composto de notas de frutas tropicais com um toque de damasco, marcado pelo sabor fino, fresco, bem equilibrado e duradouro; também disponível em sua versão Rosé, no lugar do damasco o composto leva um toque de frutas vermelhas.

Por fim, para um evento mais marcante, destaque o Espumante Cava Freixenet Brut da linha kosher “Excelencia” de Freixenet, apresenta notas frutadas e florais. Este Cava é elaborado com uma seleção de uvas brancas da região de Requena (Espanha), que foram prensadas suavemente, selecionando a parte mais nobre do mosto para alcançar a finura ideal.

Kosher 1

Para que o vinho seja Kosher, a característica fundamental é a supervisão rabínica. Em relação aos outros pontos, depende das práticas regionais ou sociais. Para os mais tradicionais, é importante que a partir do momento em que as uvas são entregues para a vinificação, toda a manipulação dos ingredientes seja feita apenas por judeus. Contudo, para flexibilizar essa restrição, existe os vinhos Kosher Mevushal, que passam por um processo de pasteurização, onde são rapidamente fervidos e depois resfriados. Assim, o vinho pode ter contato com os não judeus antes de ser consumido.

Como uma das formas de estreitar a distância entre o vinho e o público, o catálogo do site fornece todas as informações sobre os rótulos, além de direcionar o consumidor ao que ele precisa, colocando-o no centro da experiência. Na seleção “Amigos e Experts” é possível conferir rótulos indicados por curadores como Galvão Bueno, e na aba “Nossa Seleção”, os vinhos são organizados por tags como “inovadores”, “tradicionais” ou “naturebas”. Toda a navegação foi pensada para que as pessoas ganhem mais autonomia e descubram o que elas gostam, se livrando do medo de ingressar no universo do vinho ou aprofundando as referências para quem já é familiarizado.

Sobre a Portus Cale

Fundada em 1985, a Portus Cale despontou como especialista na importação de grandes marcas portuguesas. Diante de um mercado ainda prematuro, a empresa exerceu papel fundamental na abertura e consolidação do consumo de vinhos no âmbito nacional.

Com vocação para o novo e o aprimoramento do negócio pela via digital, desde 2019 a importadora se aproxima do consumidor final a partir da criação da uma plataforma de vendas online com mais posicionamento de marca.

SERVIÇO

Linha de Vinhos Kosher – Portus Cale

Valores: entre R$45,00 e R$119,00

https://www.portuscale.com.br/nossa-selecao/vinhos-kosher.html