Franciacorta é amor a primeira vista

Franciacorta

Love, life and Franciacorta. Perfume, elegância e delicadeza, dentro e fora da taça

Como falar de amor e vinhos sem mencionar a Itália e minhas raizes?

Pensei bastante nas uvas que gosto, na Chardonnay, na Pinot Noir e nos vinhos em geral e só pude imaginar uma uva, ou uvas,  para descrever o que e quem me representaria no amor.

Descobri que o amor é feito de blend, é mescla, mistura, corpo e alma, é passado, presente e futuro. É tradição, são histórias contadas, é o tempo.

Uni meu gosto pessoal e alguns contrastes, bem como certos aspectos individuais que seriam a minha complementação.

Pensei mais uma vez na Itália, berço do vinho, nos significados, nos sinais e claro, no sentimento.

Pensei nos aromas, comparei perfumes, pele, cor, sabor e textura.

Pensei na forma, no corpo, na alma, nas pernas ou lágrimas, na intensidade, no toque nos lábios, nas revelações, nas descobertas ou redescobertas.

Na evolução… na taça, na garrafa… no ontem, no hoje e no amanhã.

Pensei nas borbulhas, na picância, no desejo…

Me dei conta que assim como no amor, o vinho não pode ser enjoativo, ele tem que ser crescente, tem que permanecer, fazer sua graça, dançar na leveza e nas borbulhas, na língua, no olhar, no corpo em si.

Pensei ainda na autenticidade, na profissão, no ensino e aprendizado constante.

No conhecimento da língua, nas origens e onde tudo começou.

franciacorta-paesaggio

Onde o amor começou… ele sempre!

Meu pensamento não alcança, mas meu coração e sentimento sabem que a visão do hoje é reflexo de um passado distante, e veio de pai para filho, tal qual a terra em suas gerações, emanações do passado em reflexo presente.

Aí sim pensei: O amor é blend e como mistura leva a característica de várias uvas, semelhantes as qualidades, cada uma em sua parcela onde uma complementa a outra.

Franciacorta, método tradicional, “Champenoise” que o tempo prepara, espera, invade, torna sutil e complexo.

O conteúdo, nele, com ele, completo nele.

Nada como representar o amor pelo perlage, as borbulhas, lembrando do impacto do beijo, o estalo na língua.

Mil vidas, mil..cor..ações em ações que um Deus compreende na composição das telas, das teias, da terra, da vida!

Vem da Chardonnay, da Pinot Noir e da Pinot Blanc, algo que vai da característica individual à complexidade da estrutura formada, feita, lapidada.

Da essência à vivência.

Provar um Franciacorta, é mudar a perspectiva de tudo aquilo em que já se acreditou, vivenciou, viveu.

De taça em taça, em paradas muitas, sem sentido, sem emoção, sem verdades e sem esperanças… até chegar aqui, provar, sentir, se deliciar…complementar.

Franciacorta é a experiencia que muda uma vida e sua visão de mundo, sua ótica, sua perspectiva, seu sentir

É redundância, é pele, são corações.

É alma gêmea.

É amor a primeira vista!

Francia

Consórcio com representação de 17 vinícolas da Itália aposta no mercado brasileiro

Chianti

Produtores de Chianti desembarcam em São Paulo para reuniões e degustações

O Consorzio Vino Chianti desembarca em São Paulo no dia 19 de outubro, uma sexta-feira, com uma comitiva de representantes de 17 de suas mais expressivas vinícolas para uma série de ações que incluem reuniões com importadores de diversos estados do Brasil, além de degustações para profissionais do segmento.

Com reuniões B2B entre agentes das vinícolas e importadores de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Rio Grande do Sul, o consórcio tem o objetivo de promover negócios e ampliar a presença dos vinhos de Chianti na América Latina.

Além disso, haverão degustações conduzidas por enólogos que irão apresentar as principais características dos rótulos de Chianti ao mercado brasileiro.

As vinícolas que integram a programação de atividades em São Paulo são:

Tenuta di Artimino, Camperchi, Villa Travignoli, Cantina Sociale Colli Fiorentini – Valvirginio, Val di Botte, Casa Vinicola Bartali, Podere Marcialla, Vi&Mo – Azienda F.lli Cei, Fattoria L’Arco, Guidi 1929, Il Palazzo, Fattoria Betti, Fattoria Montecchio, Podere dell’Anselmo – Fabrizio Forconi, Vino Sorelli, Pieve de’ Pitti e Fattoria Il Muro.

Chianti garrafa

Os vinhos de Chianti

Considerar a história dos vinhos italianos é considerar a história do próprio país. Os vinhos da Itália estão entre os melhores do mundo por conta do solo e clima favoráveis, ampla variedade de uvas e práticas de viticulturas trazidas há milhares de anos pelos gregos, que já conheciam a importância da viticultura quando batizaram a região de “Enotria” ou “Terra dos Vinhos”. Além da qualidade, o país se tornou um dos maiores produtores de vinhos no mundo. Em 2017, foi o principal produtor do continente europeu, à frente da França e da Espanha.

Com territórios nas províncias de Florença, Siena, Pisa, Pistoia, Prato e Arezzo, a região de Chianti é uma denominação controlada, ou seja, só podem ser chamados vinhos de Chianti os rótulos elaborados ali e que atendam a determinadas especificidades de microrregiões e envelhecimento.

Atualmente, são protegidos pelo Conzorcio Vino Chianti cerca de 3 mil fabricantes, com mais de 15.500 hectares de vinhedos, que produzem 80.000 hectolitros de vinhos Chianti – que tem a uva Sangiovese como uma das responsáveis por seu sucesso.

As uvas que predominam nos vinhos de Chianti são: Sangiovese, Canaiolo (Tintas), Trebbiano e Malvasia (Brancas).

Galo

A Lenda do Galo

Em meados do século XVII, as disputas políticas envolvendo as cidades de Siena e Firenze (Florença) quanto à extensão territorial de cada uma alcançaram também a denominação dos vinhos Chianti. Para resolver essa questão, foi proposta a realização de uma prova para a delimitação das fronteiras.

A prova, uma corrida, envolveria um cavaleiro de cada cidade que deveria sair em direção à outra assim que o galo cantasse na alvorada. A fronteira seria o ponto onde eles se encontrassem. Acertado isso, o povo de Siena elegeu um galo bonito, jovem, bem nutrido para cantar na alvorada enquanto que o povo de Firenze escolheu um galo negro, magro e mal alimentado. É claro que o galo de Firenze acordou mais cedo, pois tinha fome, e cantou antes do galo de Siena fazendo com o que o cavaleiro de Firenze tivesse boa vantagem.

Essa vantagem fez com que os cavaleiros se encontrassem já bem perto de Siena e, como consequência, a cidade de Firenze conquistou um território maior que a vizinha. Dizem que essa disputa também levou para Firenze a exclusividade do nome Chianti que é representada nas garrafas por um galo negro.

 

Vega Sauco Crianza Safra 2013. Oferta imperdível no Empório Frei Caneca

Empório Frei Caneca está realizando uma promoção especial, pelo e-commerce, da vinícola Vega Sauco: O vinho Vega Sauco Crianza Safra 2013, de R$ 114,00 está por R$ 77,00.

São poucas unidades e a oferta é válida enquanto durarem os estoques.

Vega Sauco (2)

O Vega Sauco Crianza é um vinho que conheço tem muitos anos. Foi eleito algumas vezes o melhor tinto no Encontro de Vinhos de São Paulo. É muito expressivo e sedoso, na boca notas marcantes de frutas silvestres e frutas secas.

Após colheita manual e prensagem com temperatura controlada, o vinho passa pelo processo de delestage – maceração com cascas e sementes, que deixa o vinho com um melhor aspecto visual – e descansa por, no mínimo, 12 meses em carvalho, sendo 50% nas barricas de carvalho francês e 50% em carvalho americano.

Fácil de harmonizar, acompanha perfeitamente assados, carne de pato, carne de porco, roast beef, vitela e cordeiro.
Sobre o produtor

Encantado com a terra, o clima, o povo e, principalmente, com a variedade de uva “Tinta de Toro”, Wenceslao Gil Durantez decidiu fundar em 1991 sua própria bodega na região de Toro, na Espanha, após vários anos trabalhando para grandes vinícolas em Ribera de Duero, Cigales e Rueda.

Uma carreira de 30 anos na região é um dos especialistas desta variedade. Com um trabalho baseado sempre na inovação, foi o primeiro enólogo da região a elaborar vinhos Crianza e Reserva e a aplicar a maceração carbônica. Tendo como base o varietal Tinto de Toro, a Vega Sauco elabora três tipos de vinhos que recebem a Denominação de Origem do Toro, nas modalidades Joven, Crianza e Reserva, vinhos marcantes da Espanha.

Sobre o Empório Frei Caneca

O Empório Frei Caneca é uma megaloja localizada no Espaço Gourmet do Shopping Frei Caneca (3º Andar), em São Paulo (SP). Moderna e aconchegante foi projetada para oferecer uma experiência de compra inesquecível a seus visitantes em seus diversos nichos de produtos. Oferece um mix de seis mil itens, distribuídos em espaços específicos que guiam o consumidor em uma experiência sensorial pela loja.

Loja virtual: www.emporiofreicaneca.com.br

 

Prepare-se para o 2º Festival do Espumante” no Centro de Convenções Frei Caneca

Espumante

Evento brinda o verão e as festas de final de ano com mais de 100 rótulos

No dia 24 de novembro, um sábado, será realizada a segunda edição do “Festival do Espumante”, evento exclusivo de degustação de alguns dos melhores espumantes do mundo, que acontece das 15h00 às 21h00, no 6º andar do Centro de Convenções Frei Caneca, integrado ao Shopping Frei Caneca, na capital paulista.

No ano passado estive no festival e garanto que é uma excelente oportunidade de se deixar levar pela alegria do “perlage” em cada taça.

Para a qualidade dos espumantes e também para o buffet servido que este ano parece estar ainda melhor!

20171125_155249

Reunindo mais de 100 rótulos nacionais e importados, de 25 importadoras e vinícolas, o evento destaca marcas como Cave Geisse, Cantu, Chandon, Gran Cru, Miolo, Perrier Jouet e Salton, entre outras.

Os organizadores estimam receber cerca de 600 pessoas, em um ambiente com projeto cenográfico diferenciado.

Todos os espumantes degustados poderão ser adquiridos durante o evento com preços promocionais.

20171125_160554

Para harmonizar, será servido um buffet especial composto por risoto de funghi chileno, ceviche, terrine, dadinho de tapioca, polenta em cubos, mini tartar de salmão, homus, caponata, castanhas, queijos, frios, frutas, pães, patês, azeitonas, canapés, espetos mistos, voulevant de creme com frutas, mini cookies e frutas secas.

Os espumantes serão degustados em uma taça exclusiva, que o convidado recebe logo na entrada e leva como brinde ao final do evento. O ingresso dá direito também a um Guia com os espumantes de cada expositor.

20171125_154845

O investimento para participação na “2º Festival do Espumante” é de R$ 120,00 e os convites podem ser comprados pelo Ingresso Rápido ou na loja do Empório Frei Caneca, no 3º andar do Shopping Frei Caneca.

Venha bater um papo gostoso com a gente, eu do Vinho dos Anjos estarei por lá analisando cada produto, sempre com aquele a alegria e as dicas de sempre!

www.emporiofreicaneca.com.br
www.freicanecashopping.com.br
www.convencoesfreicaneca.com.br

SERVIÇO

2º Festival do Espumante’ no Centro de Convenções Frei Caneca
Data: 24.11.2017 (sábado)
Horário: das 15h00 às 21h00
Valor: R$ 120,00
Compras pelo Ingresso Rápido ou no Empório Frei Caneca
Local: Centro de Convenções Frei Caneca
Rua Frei Caneca, 569, 6º Andar – Consolação
São Paulo SP

Apenas para maiores de 18 anos