Viña Ventisquero lança “Kalfu Sumpai” Pinot Noir no Wines of Chile em SP

Logo Cantu

“Foi assim… como ver o mar…”

Antes de sair de casa para o Masterclass do Chile, recebi as informações sobre o vinho Kalfu Sumpai Pinot Noir.

Confesso que como o tempo era curto, nem me atentei ao nome ou as informações recebidas. Segui para a prova de vinhos sem ao menos ler nada a respeito, nem mesmo sobre o nome do vinho.

Estou eu calmamente degustando os vinhos na mesa da Viña Ventisquero (Importações da Cantu), após participar da prova exclusiva destinada aos jornalistas, e me vejo diante de um novo Pinot Noir, intrigante, desafiador, produto novo e que percebi logo pelo rótulo que não me era familiar. Eu nunca havia provado.

Provei o vinho após provar o Chardonnay Tara do Atacama, vinho que também sempre me causa grandes inspirações pela qualidade.

Qual não foi a minha surpresa, ao perceber que eu estava diante de um grande vinho. Começando pelos aromas e complementando em boca, o vinho se apresentou exuberante, completo mesmo, em todos os aspectos que se deve analisar.

Eu estava diante de alguns ícones já provados da linha que compõe o portfólio da Viña Ventisquero e sempre me ative a melhoria nos vinhos elaborados pela uva Pinot Noir no Chile. Até então poucos me agradavam, muito poucos.

Mas este vinho é outro conceito…

Kalfu

Kalfu significa “Azul” em Mapudungún, língua dos indígenas originários do Chile. É a cor mais importante da cultura Mapuche, porque está associada à origem da vida.

A linha Kalfu é resultado do que há de melhor nos vales costeiros mais extremos do Chile, como os mais desérticos ao norte.

É um convite para percorrer 600 km da costa chilena através de diferentes terroirs. Uma diversidade que permite criar vinhos distintos, frescos, elegantes e com acidez pronunciada, representando fielmente a sua origem.

Kalfu é como o azul do Pacífico, é o “descobrir a misteriosa origem da vida”.

Vinho elaborado 100% com a uva Pinot Noir, do Vale de Leyda, que integra a nova linha da Vinã Ventisquero, e também chega ao Brasil através da Cantu Importadora. Os vinhos Kalfu são elaborados pelo talentoso enólogo Alejandro Galaz, conhecido pela elegância de seus vinhos e experiência em vinhos costeiros.

Claro,  estas informações eu só fui checar depois. Mas tive a surpresa de ser “encantado” na boca e no nariz de forma não planejada, o que é sempre muito melhor. Ter a surpresa!

Hoje estou aqui escrevendo e ainda consigo sentir o vinho em minha memória olfativa e gustativa. Minha cabeça e meu corpo pedem mais…

Se há alguma recomendação que posso fazer é a de que quem tiver a oportunidade de provar, prove! E se delicie nos nuances delicados que este vinho pode proporcionar.

Sobre o produtor há muito o que falar. Tive o prazer de visitar no Chile e aprecio imensamente a busca constante na melhoria e nas descobertas de novas parcelas de uvas, novos blends e experiências na vinificação, no aprimoramento e na busca pela excelência na apresentação em cada vinho, de norte a sul do país.

Outros projetos como o vinho Enclave 2011, parceria entre Felipe Tosso, enólogo-chefe da Ventisquero, e o enólogo australiano John Duval, também devem ser apreciados.

Chegará à sua taça um Cabernet Sauvignon clássico reinterpretado ao estilo Ventisquero, elaborado em Pirque, Alto Maipo, região dos mais prestigiados Cabernets do Chile.

E precisa falar mais? Agora é só conferir em cada prova e oportunidade!

Saúde!

 

 

Wines of Chile: Uvas, blends, vales, terroirs e extremos

Wines of Chile 2018

Líder na importação de vinhos no Brasil, Chile reforça sua presença no mercado e apresenta destaques sempre com inovação

Com presença maciça nas prateleiras de lojas e supermercados, em restaurantes, na mente e no paladar dos consumidores brasileiros, o Chile se destaca por sua produção variada de vinhos: são vales, uvas, terroirs e tecnologias que, combinados, resultam em infinitas possibilidades. E é esse o tema do grande evento anual promovido pela Wines of Chile no Brasil, que acontece em São Paulo no dia 08/08/2018.

No Brasil o êxito dos vinhos do Chile está impresso nos números. O país lidera o ranking de vinhos importados há 16 anos e fechou 2017 detendo, em volume, mais de 45% do nosso mercado – mais do que o dobro do segundo colocado, com aumento de 18,2%. Em valor, o crescimento foi de 17,4% no ano passado, que representa uma fatia de mercado de 43,7%.

Vinhos desafiadores, diferenciados e de altíssima qualidade desembarcam por aqui e conquistam cada vez mais os consumidores. O desenvolvimento de tecnologias, de novos métodos e a geografia privilegiada permitiram a expansão do mapa do vinho no Chile, onde viticultores vanguardistas e visionários estão elaborando rótulos em terroirs adversos, extremos e condições insólitas, como o Deserto do Atacama, além de empregarem técnicas modernas em vales tradicionais e promoverem o resgate de uvas antigas. Um privilégio para todos nós, apreciadores dos vinhos chilenos.

O Brasil é um dos três mercados prioritários para a exportação de vinhos do Chile. Em 2019 pretendem ampliar a promoção dos vinhos chilenos para outras regiões do país.

As 37 vinícolas que participam do 8º Tasting Wines of Chile em São Paulo e que apresentam ao mercado as novas safras, rótulos e destaques do último ano são:

Alto Quilipin, Apaltagua, Casas del Toqui, Chilean Wines Company, Cousiño Macul, Dos Almas, Encierra, J. A. Jofré Wines, Odfjell, Viña Bisquertt, Viña Carmen, Viña Casa Silva, Viña Casablanca, Viña Concha y Toro, Viña Cono Sur, Viña Echeverria, Viña El Principal, Viña Emiliana, Viña Gandolini, Viña Indómita, Viña La Rosa, Viña Las Niñas, Viña Leyda, Viña Montes, Viña Pérez Cruz, Viña Requingua, Viña San Esteban, Viña San José de Apalta, Viña San Pedro, Viña San Pedro Tarapacá, Viña Santa Rita, Viña Siegel, Viña Tres Palacios, Viña Valdivieso, Viña Ventisquero, Viñedos Marchigüe e Viñedos Veramonte.

O resultado de muito investimento em pesquisa, estudo dos solos, novo manejo de vinhedos e uvas e desenvolvimento de tecnologias reforçam o posicionamento da indústria chilena moderna e altamente competitiva, com reflexos no produto final, o vinho do Chile que tanto amamos!

 

 

 

Gamela Cozinha Mineira: Para comer e beber bem!

Logo Gamela

Restaurante e bar

O Gamela Cozinha Mineira ocupa um espaço em uma esquina na Vila Mariana, em uma das ruas mais badaladas da região, a Rua Joaquim Távora.

A comida mineira é farta e vem em toda a sua origem, oferecendo opções para quem aprecia este tipo de culinária em todos os seus aspectos e nuances.

20180802_130322

O destaque fica para o prato que pude provar, o Triângulo Mineiro, composto de carne de sol, carne seca, costela suína, arroz, feijão de corda, mandioca frita e uma deliciosa couve, macia e saborosa. Um prato completo que serve bem umas quatro pessoas. Na faixa de R$ 88,00.

A maioria dos pratos tem 3 tamanhos diferentes: Para uma pessoa, para duas pessoas e para três pessoas, mas como mencionei, a comida serve bem e é farta!

Claro, há também várias opções da comida mineira entre outros pratos tradicionais e porções além da tradicional feijoada e pratos do dia para quem deseja apenas almoçar durante a semana.

20180802_135634

Outro destaque fica por conta das famosas sobremesas que vão dos tradicionais doces de abóbora e leite, ao pudim e cocada cremosa, tudo acompanhado com o tradicional queijo mineiro.

20180802_123822

Na carta de bebidas uma grande seleção de cachaças e várias opções de drinks e cervejas para todos os gostos.

Gamela

O ambiente é tranquilo, rústico, agradável e simples.

Serviço:

Gamela Cozinha Mineira

Rua Joaquim Távora, 1115 – Vila Mariana – São Paulo – SP

Telefone: (11) 5082-3617

Das 11:00 até a 01:00 horas

Zona Azul na localidade

 

 

 

 

Plataforma Wine Paths conecta consumidor ao turismo de vinhos e destilados

 

Wine Paths convite

Tudo aquilo que vem para facilitar o agitado mundo tecnológico e de vida é sempre bem vindo.

Estive na apresentação e lançamento da plataforma Wine Paths aqui em São Paulo e não poderia deixar de citar que meus olhos brilharam com a facilidade oferecida.

A plataforma não só promete, como conecta o consumidor a destinos turísticos ligados ao mundo dos vinhos, da gastronomia e hospedagem e também dos destilados.

Bastam alguns clicks e já é possível identificar e escolher roteiros e experiências em várias partes do mundo, nos estabelecimentos interligados á plataforma, hotéis, restaurantes, vinícolas e destilarias, seja por meio de agentes locais (Que são os grandes conhecedores da atividade de cada região), como por meio da própria escolha e definição no site/plataforma, pelo consumidor.

 

França

Atualmente são 13 países e mais de 90 destinos que conectados facilitam a busca na hora da organização da viagem sem as surpresas de que o viajante não será recebido ou poderá encontrar em seu destino, as portas fechadas por alguma razão não prevista.

A ideia dentro de um padrão elevado de qualidade é assegurar que o viajante “construa suas experiências” com base sólida na realização do seu “sonho de viagem” de forma organizada e positiva.

A liberdade para a escolha é ampla e total ao viajante e o mais importante, com suporte as escolhas feitas, seja através do contato com especialistas locais ou mesmo na escolha feita em cada destino pelo próprio usuário.

Claro que ao longo do tempo serão agregados mais destinos e mais parceiros, tornando o sistema de busca completo em cada localidade. Mas já é bem possível definir roteiros com segurança e confiabilidade, e o melhor, sem custo ao consumidor.

A plataforma/site funciona em inglês, por razões óbvias de integrar o mundo todo em uma única linguagem e com rapidez nas definições em cada destino/escolha.

Wine Paths logo marca

 

 

 

 

https://www.winepaths.com/

Com certeza em meu próximo destino ligado aos temas gastronomia, vinhos, viagens e destilados que são as minhas paixões, irei buscar roteiros e indicações em cada localidade pela Wine Paths!

É bom, é confiável e o melhor, é de graça!

Saúde!