Festival de sopas no Maksoud Plaza. Sabores de uma estação!

Sopa 2

O restaurante 150 Maksoud, do Maksoud Plaza, inicia seu renomado Festival de Sopas, seguindo as tradições gastronômicas da cidade mais intensa do hemisfério, São Paulo.

Serão 15 opções de receitas para agradar os mais variados paladares dos clientes e hóspedes, trazendo ainda mais sabor aos pratos da agradável cozinha.

Sopa 1

Entre complementos como croutons, parmesão, cebolinha, torresmo, bacon e outras especiarias o cliente poderá provar a tradicional Canja de Galinha, que ocupará o cardápio diariamente.

No cardápio variado ainda os seguintes sabores: caldinho de feijão, sopa de cebola, creme de palmito, creme de aspargos, sopa de alho poró com batatas, sopa de cenoura com tomate, minestrone, sopa de lentilha com linguiça, canja tradicional, sopa de ervilhas, caldo de mandioca com carne seca, caldo verde, sopa de grão de bico, capeletes in brodo e sopa de tomate. Ufa! Todas do meu agrado, não vejo a hora!

O festival segue até 31 de julho, de segunda a sábado, das 19h às 23h30. Oferece um buffet tradicional (R$ 52,00 por pessoa) e o completo (R$ 60,00 por pessoa) que contempla uma mesa de frios e queijos, saladas e pães caseiros. Imperdível!

Serviço:

Festival de Sopas – Maksoud Plaza

Périodo: até 31 de julho

Horário: das 19h às 23h30

Valor Tradicional: R$ 52,00

Valor Completo: R$ 60,00

Endereço: Rua São Carlos do Pinhal, 424 – Bela Vista

Reservas: www.maksoud.com.br | (11) 3145-8000 / maksoud@maksoud.com.br

Sobre o Maksoud Plaza Hotel: 

O espírito empreendedor e a busca incansável pela superação de suas próprias experiências fizeram com que Henry Maksoud cravasse, em uma das maiores cidades do mundo, um edifício icônico que se tornaria referência e sinônimo de hotelaria ao longo das décadas desde a sua fundação em 1979. O Maksoud Plaza está localizado no principal centro de negócios de São Paulo e é referência em prestação de serviços com excelência e qualidade. O hotel possui uma área total de 12 mil m2, 416 apartamentos, sendo 45 suítes, além de cinco mil m2 para eventos – com 38 salas versáteis. Há ainda o restaurante 150 Maksoud, com o melhor da gastronomia internacional, e o premiado Frank Bar, que oferece coquetelaria clássica com enfoque gastronômico e é comandado por Spencer Amereno – um dos maiores bartenders do Brasil. O Maksoud Plaza conta também com área de SPA, fitness, piscina e heliponto para aeronaves de até cinco toneladas.

 

Salentein Single Vineyards já está disponível na importadora Zahil

salentein capa

Identificar e valorizar sub-regiões de qualidade destacada fez do inquieto enólogo-chefe da Bodegas Salentein, José ‘Pepe’ Galante (um dos grandes enólogos da Argentina) buscar novos desafios e experimentações.

Desde que assumiu a posição em 2009, começou um trabalho de pesquisa de terroirs particulares nos vinhedos da bodega, iniciando um projeto hoje conhecido como Salentein Single Vineyards.

É o novo caminho dos vinhos argentinos e chega ao mercado brasileiro pelas mãos da Zahil em três versões de vinhos na bandeira Salentein Single Vineyards feitos com a uva Malbec.

Salentein vinho malbec

São eles:

Single Vineyard Finca El Tomillo Malbec. Esta finca foi plantada em 2007 a 1.050 metros de altura. O clima frio e o solo arenoso com presença de carbonato de cálcio permite elaborar um Malbec que se destaca por sua finesse e elegância. Produção: 5.700 garrafas Preço ao consumidor (SP): R$395,00

Single Vineyard Finca La Pampa Malbec. As videiras de Finca La Pampa, plantada em 1997 a 1.300 metros de altitude, não possuem porta-enxertos e, por isso, suas uvas ganham em riqueza e complexidade, criando um vinho de estrutura firme e características únicas. Produção: 5.760 garrafas Preço ao consumidor (SP): R$395,00

Single Vineyard San Pablo Estate Malbec. Este é o vinhedo mais alto da Salentein, a 1.480 metros de altitude. O clima é frio e o solo mescla argila, areia, pedras e calcário. O resultado é um Malbec concentrado, com taninos sedosos, acidez refrescante e final prolongado. Produção: 1.500 garrafas Guía Descorchados 2018: 96 pontos (2015) Preço ao consumidor (SP): R$395,00

Agora é só provar!

 

Jogo da Copa com churrasco e vinho cai bem!

IMG_8275

Harmonizar vinhos e churrasco pode sempre parecer um grande desafio.

Não pela dificuldade de sabores, mas pela diversidade de vinhos disponíveis e a diversidade de carnes que se pode ter em um churrasco.

IMG_4362

É necessário usar a inteligência e conhecimento e também a imaginação ao combinarmos estes tesouros da gastronomia que unem sabores e temperos em uma contínua série de vinhos a serem degustados em cada etapa do preparo na grelha.

Chega a ser algo romântico pra mim. Sim, explico, a diversidade e possibilidades são tão grandes que nesta linha de aromas, gostos e sabores, circulamos por várias etapas que vão desde as entradas á carne propriamente dita.

Sabemos que nenhum dia de comemoração com amigos e família onde o churrasco, o vinho e porque não, também a partida da copa tem seu destaque por etapas que se iniciam na recepção com entradas leves, queijos e saladas, passando pelos primeiros grelhados que em geral são linguiças e carnes mais leves, até a celebração em seu ápice das carnes maturadas, intensas em sabores e que exigem um vinho com bom corpo.

E o jogo também, em sua partida contínua que vai da apresentação dos jogadores, as emoções da primeira etapa, o intervalo que é uma respirada para brindarmos com vinhos leves, á etapa final conclusiva da partida. Tendo no meio de tudo isso, o ápice quando nosso time marca ou sofre um gol.

E onde está o romantismo disso? Está na delícia que é harmonizar cada etapa e sentir nos sabores com intensidade, toda a diversidade que também há em uma relação contínua, no jogo, no churrasco ou nas relações amorosas. Mas na verdade o romantismo propriamente dito é para mim, a arte de harmonizar. Amo!

Mas vamos ao churrasco, pois logo logo o jogo já começa e as pessoas estarão voltadas ás suas taças e a telinha, e nosso churrasco precisa estar em andamento.

20170128_164651

Primeiramente as entradas de maionese, saladas e aquela linguicinha que não pode faltar para “forrar” o estômago. Nessa fase os jogadores ainda não entraram. É só a preparação para o início do jogo (e do churrasco).

Aqui eu sugiro um espumante brut ou Prosecco e também um espumante rosé. Cai muito bem para preparar o palato.

IMG_8329

Com as saladas e entradinhas vai bem também um vinho branco Viognier, Alvarinho e também Sauvignon Blanc e Riesling. Que coisa boa!

Se vierem as linguiças e o queijo coalho, bem como aquele pãozinho de alho saboroso, um Pinot Noir fica divino!

IMG_8324

Nesta fase os jogadores já estão em campo e o hino nacional foi está tocando.

As carnes nobres estão lentamente na grelha aguardando o ápice para serem apreciadas com um bom tinto.

Não vou entrar em detalhes sobre as carnes em geral, pois o gosto é tão variado e a ideia é ser algo leve e descontraído.

Mas lembro que um tinto encorpado com maior teor alcoólico e características como as das uvas Cabernet Sauvignon, Tannat, Cabernet Franc, de forma que se apresentem com a parte da passagem em barricas, bem equilibrada, são fundamentais para o sucesso do churrasco (e do jogo para não amargar uma derrota, rs).

IMG_2926

Aqui as atenções estão no momento do ápice, o gol. Para ele recomento taças ao alcance das mãos e um bom espumante ou Champagne que cai bem a toda hora no churrasco, ou na pausa para comemorar o GOL! Ou ainda mais, no intervalo entre um tempo e outro… e a carne lá, na grelha cuspindo faíscas!

IMG_9905

Começa o segundo tempo, lá vem uma boa taça de vinho tinto e aquela picanha tão esperada e desejada. Meu Deus, dos deuses!

E começam os gols e a euforia já se inicia. Para uns é o vinho fazendo efeito, para outros é o sabor da carne tão aguardada e outros claro, o futebol! 3 x 1 ou 3 x 0 ta de bom tamanho, o churrasco vira festa de confraternização, todos estão felizes, afinal, o gosto de cada um foi realizado.

Mas aí alguém grita na cozinha: “E a sobremesa?”

IMG_4781

20171207_154958

IMG_8619

Faltam apenas 10 minutos para acabar o jogo e lá vem aquelas travessas com pudim de leite, mousse de chocolate, tiramisù, ai meu Deus, e agora?

Não tem como, acompanhando tudo isso vem vinhos de sobremesa, a mocinha ao lado quer a salada de frutas, ela diz “não vou engordar né!”, esquecendo que durante todo o churrasco ela comeu e bebeu de tudo. Mas tá valendo. Aparece um vinho colheita tardia, mel, amêndoas, especiarias, tudo isso e mais um Vin Santo. Nossa, que virá depois!

O jogo é contínuo e faltando 5 minutos sai o último gol. 4 x 0 ? é demais! E lá vem aquele vinho Sauternes. Nossassinhorraaaaa! Que coisa boa! Que alegria!

Após a pausa do momento efusivo, começamos tudo novamente. Que fôlego!

Agora só esperar o próximo jogo, ou o próximo vinho. Valha-me Deus!

Saúde!

 

Bueno Wines é premiada no 9º Brazil Wine Challenge

Bueno logo

O espumante Desirée Brut Rosé conquistou Medalha Gran Ouro

Já vem de longe as premiações recebidas pelos espumantes brasileiros.

Quem tem algum tipo de preconceito sobre o vinho brasileiro, deveria se dar a oportunidade de provar os vários tipos que temos disponíveis no mercado e ainda mais, saber que o espumante Bueno Bellavista Desireé Brut Rosé, da Bueno Wines, de Galvão Bueno, está no seleto grupo das oito amostras premiadas com a Medalha Gran Ouro (de 93 a 100 pontos) no 9º Brazil Wine Challenge.

Realizado pela Associação Brasileira de Enologia (ABE) na Serra Gaúcha, o concurso segue as normas internacionais da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV), e reuniu 50 especialistas de sete países para avaliação de 611 amostras de vinhos e espumantes vindas de 18 países da América, África, Ásia, Europa e Oceania.

O espumante Bueno Bellavista Desireé Brut Rosé recebeu esse nome em homenagem à Desirée, esposa de Galvão Bueno. É elaborado pelo método charmat com as uvas Merlot, Cabernet Sauvignon e Pinot Noir, originárias da região da Campanha Gaúcha (RS). Apresenta perlage fina e intensa, traz aromas de frutas vermelhas, como cereja e framboesa, e um sutil toque floral de boa complexidade.

Com acidez delicada e cremosidade, é muito agradável na boca. Pode ser servido como aperitivo, também acompanha pratos com salmão, canapés com ovas de salmão, frutos do mar, mexilhões gratinados e mariscos, e a culinária japonesa.

É um espumante que tive a oportunidade de provar algumas vezes.

Entre outras premiações, conquistou lugar na lista dos 100 melhores espumantes na nona edição do “Challenge Internacional Euposia” realizado na Itália e Medalha de Ouro no II Concurso Ibero-americano de Vinos Espumosos y Efervescents, realizado na Espanha.

Preço médio: R$ 83,67

Desiree Brut Rosé_

BUENO WINES

http://www.buenowines.com.br

Vendas online: www.buenowines.com.br

Televendas: (54) 3452-0725 ou (54) 99706-5399 whatsapp

e-mail betania@buenowines.com.br