Especialista de vinhos lança site diferenciado: Caviste Online

Caviste logomarca

Pequenas parcelas, garimpo de vinhos e raridades em um só lugar

Nada como ter um conhecedor de vinhos fazendo boas escolhas sem firulas.

Com vasta experiência no atendimento ao consumidor, aliado a um conhecimento adquirido ao longo dos anos em loja própria, provas de vinhos, eventos e degustações, o especialista João Clemente, nosso colega de mercado, lançou seu projeto pessoal em vinhos buscando concentrar em um só espaço, vinhos de qualidade, diferenciados e especiais.

A proposta é atender o consumidor que busca experiências em vinhos e quer qualidade nas indicações.

Além dos vinhos muito interessantes disponíveis para venda no site, é possível entender através das explicações em vídeos, um pouco mais sobre cada descoberta e escolha.

Mais do que uma curadoria (Não gosto desta palavra), o site agrega uma bagagem grande de contato com importadores, consumidores e produtores deste mercado e foge da “mesmice” de vender sem informar.

Dividido em loja virtual, biblioteca virtual e também blog, concentra informações de grande valor ao aprendizado e para a compra, tudo muito orientado.

Pudemos participar de um almoço onde o João Clemente nos demonstrou suas escolhas, em provas de vinhos e em harmonizações com os pratos.

Surpreenderam os vinhos diferenciados e preços honestos e acessíveis, sempre com uma bagagem informativa que vai além de uma simples ficha técnica.

Vale lembrar que o Caviste.online é uma experiência de anos neste mercado e o filtro necessário para uma escolha de compra correta, agradável e justa.

Exemplo disto foram alguns dos vinhos que vamos citar abaixo e estão disponíveis no site.

20200210_121845

Há por exemplo o vinho italiano Arenile Pecorino Terre di Chieti IGT, de uma casta pouco conhecida, porém deliciosamente fresco e mineral, com um final gostoso em boca, na faixa de R$ 87,00. Da mesma linha, outros vinhos brancos como o Trebbiano, o Pinot Grigio. Muito especiais.

20200210_141544

Provamos também o tinto Castillo de Eneriz 2016, um vinho espanhol surpreendente, muito indicado para harmonizações com carnes e massas, na faixa de R$ 92,00.

Da região de Navarra, este blend surpreende. Tanto em nariz como em boca.

20200210_141550

Elaborado com as uvas Garnacha e Graciano, é um vinho que tem passagem em barricas francesas e americanas por 4 meses, conferindo uma complexidade única.

Predominam frutas negras no nariz. Em boca é fresco, elegante e saboroso. Um vinho que sem dúvida me agradou bastante, assim como o outro espanhol Montes de Leza Rioja Crianza DOC 2015. Um pouco mais caro (Na faixa de R$ 169,00), é um vinho bem complexo e já com notas evolutivas muito interessantes. Nota-se a capacidade de guarda, percebida em cada nota adquirida ao longo de 5 anos. Um vinho que na minha percepção vai por mais ao menos 10 anos de guarda.

20200210_132251

Da uva Tempranillo, tem passagem de 12 meses em barricas de carvalho. De altíssima qualidade, é um Rioja que surpreende pelas notas de frutas e mineralidade. Nos pareceu jovem ainda apesar dos seus 5 anos, mas nem por isso deixamos de notar todo o seu esplendor estrutural, que nos aguçaram os sentidos.

Estes são só alguns exemplos do que pode ser encontrado no Caviste.online quando se tem por traz um profissional experimentado, com vivência no mundo dos vinhos e que conhece o consumidor e suas necessidades.

Caviste.online. Saia da mesmice, experimente o que foi selecionado por quem conhece!

Veja vídeo com depoimentos:

Crédito do Vídeo: Chico Cineasta

Saúde!

Serviço

Caviste Online

Site: caviste.online

 

Ville du Vin, jantar e vinhos da Collection Personnelle Mr. François-L. Vuitton

LV

Marca emblemática tem agora seus vinhos no Brasil

A Ville du Vin foi palco de mais uma apresentação de vinhos ao mercado.

Desta vez os vinhos são da “Collection Personelle” e trouxeram ao Brasil, nada mais nada menos que o herdeiro da marca e tataraneto do fundador, Mr. François-Luis Vuitton.

Mr. François-Louis Vuitton

Mr. François-Louis Vuitton

Em almoço e jantar especialíssimos foram apresentados três vinhos de Bordeaux, todos Grand Cru Classé da Collection Personnelle.

A Coleção Pessoal de Vinhos foi desenvolvida juntamente com Patrick e Jacques Bouey, da Maison Bouey, dando início a uma parceria de sucesso materializada por dez vinhos de Cuvée Privé, elaborados pelos mais célebres chateaux classificados como Grand Cru Classé de Bordeaux em 1855, e por grandes nomes de Saint-Émilion.

Jonatan Schmidit, Mr. François, Carlos Labre

Jonatan Schmidit, Mr. François, Carlos Labre

Em encontros descontraídos apresentaram os vinhos que representam seu estilo próprio e particular, o FLV como ficou conhecido em Bordeaux.

Foram eles:

– Château Cadet – Bom 2014 Grand Cru Classé Saint Émilion

– Cuvée Privé du Château Faugères 2014 Grand Cru Classé Saint Émilion

– Cuvée Privé du Château Cadet La Gaffelière 2012 Grand Cru Classé Saint Émilion

O preço sugerido de cada um dos vinhos é de R$ 2.500,00

Por si só já são uma obra de arte, em seu “case” luxuoso e sofisticado, uma peça de colecionadores.

Algumas garrafas foram especialmente autografadas pelo Mr. François no evento.

É conferir! Saúde!

 

 

Safras premiadas de Don Melchor movimentam eventos no Rio e Brasília

Wine Dinners e degustações nas duas cidades contarão com a presença de Enrique Tirado, o nome por trás do lendário rótulo

20181128_160633

As safras 2015 e 2016 de Don Melchor do Chile serão apresentadas entre os dias 12 e 14 de março, com a presença de seu enólogo Enrique Tirado em degustações que acontecem no Rio de Janeiro e em Brasília.

DM 2016

As duas safras traduzem a elegância, o estilo e a complexidade deste notável vinho produzido no Vale do Alto Maipo.

No Rio, Tirado comanda dois Wine Dinners, sendo o primeiro em parceria com a Adega Hara, no Restaurante Érico, na Barra da Tijuca, no dia 12 de março, às 19h30, e o segundo, na Bergut Castelo, no Centro, no dia 13 de março, às 19h30.

No dia 14, Enrique Tirado segue para Brasília para encontro com clientes e visitas aos principais parceiros.

Confira os menus e preços:

Restaurante Érico (Avenida Érico Verissimo, 901 – Barra da Tijuca RJ) 12 de março, às 19h30 horas, tel: (21) 3435-7594 e (21) 2493-6161

Menu:

Entrada – Polvo Grelhado com musseline de batatas e Terrunyo Sauvignon Blanc;

Primeiro prato – Mignon de Javali ao molho rôti e mini legumes e Don Melchor 2015;

Segundo prato – Ossobuco com polenta mole e Don Melchor 2016;

Sobremesa – Mousse de chocolate com creme inglês e casca de amêndoas.

Preço: R$ 250 + serviço

 

Bergut Castelo (Av. Erasmo Braga, 299, Centro – RJ, 13 de março, às 19h30 horas, tel: (21) 2220-1887) – Dia 13 de março

Menu:

Entrada – Tartar de Atum ao Abacate e Terrunyo Sauvignon Blanc;

Primeiro prato – Ravióli Recheado com queijo da Serra da Canastra e Don Melchor 2015;

Segundo prato – Medalhão de filé mignon ao presunto de Parma com risoto de alho-poró e Don Melchor 2016;

Sobremesa – Tiramisù.

Preço: R$ 320 + serviço

Sobre as safras

Don Melchor 2015 foi produzido com 92% Cabernet Sauvignon, 7% Cabernet Franc, 1% Petit Verdot e descansou 15 meses em barris de carvalho francês (69% novos e 31% de segundo uso). A safra caracterizou-se por maior precipitação do que de costume, concentrada principalmente no inverno. O tempo seco e quente de novembro permitiu floração e vingamento adequados. O processo de amadurecimento foi parelho, resultando em uma safra com ótimos sabores e aromas. De coloração cereja e vermelho profundo, o vinho traz notas de frutas vermelhas mescladas delicadamente com notas minerais, sugerindo cinzas frias e grafite. Em boca, revela textura fina e delicada, e mostra-se amplo e profundo, com um ataque suave e sutil, seguido de uma evolução intensa. Seu teor alcoólico alcança 14,3%.

Don Melchor 2016 foi produzido com 93% Cabernet Sauvignon, 3% Cabernet Franc, 3% Petit Verdot, 1% Merlot e descansou 14 meses em barris de carvalho francês (55% novos e 45% de segundo uso). Temperaturas inferiores às da anterior, marcaram esta safra, também influenciada pelo fenômeno El Niño. Os solos pedregosos de Puente Alto contribuíram para a drenagem das chuvas no período de colheita, permitindo um amadurecimento equilibrado. De vermelho escuro profundo, este vinho esbanja elegância e fineza, e apresenta importante expressão aromática, na qual se destacam notas de frutas vermelhas pequenas. Em boca, um ataque suave que se perpetua com um perfeito equilíbrio de sabores e um final de boa duração, com destaque para taninos delicados e equilibrados. Teor alcóolico de 14%.

Sobre Don Melchor

O vinhedo Don Melchor tem desempenhado importante papel na história moderna do vinho chileno. Localizado na Cordilheira dos Andes, margem norte do Rio Maipo, no Vale do Maipo, a 650 metros acima do nível do mar, o vinhedo remonta a meados do século XIX, quando as primeiras variedades francesas pré-filoxera foram importadas da França. Atualmente é formado por 127 hectares, divididos em sete lotes, dos quais 90% correspondem à Cabernet Sauvignon, 7,1% à Cabernet Franc, 1,9% à Merlot, e 1% à Petit Verdot.

O enólogo Enrique Tirado desenvolveu uma longa e distinta trajetória na Vinícola Concha Y Toro. Ingressou em 1993 como encarregado das marcas premium da companhia, e a partir daí assumiu como enólogo gerente, a responsabilidade pelas marcas super premium e ultra Premium, incluindo Don Melchor. Foi sua extraordinária sensibilidade enológica, junto com seu incansável rigor, dedicação e estudo dos diferentes terroirs, que o permitiu ser designado em 1997 enólogo exclusivo de Don Melchor, o vinho ícone proveniente do destacado e reconhecido vinhedo de Puente.

Marcas de vinhos mais admiradas do mundo: Cono Sur e Emiliana

La pastina logo

As vinícolas Cono Sur e Emiliana estão entre as 50 marcas de vinho mais admiradas do mundo, segundo a Revista Drinks International. O “The World’s Most Admired Wine Brands” é um ranking anual feito com a participação de renomados especialistas do mundo do vinho, e no ranking de 2018, as marcas importadas com exclusividade pela La Pastina, se destacaram entre as vinícolas mais prestigiadas do mundo, como a Chateau Lafite e Chateau Margoux.

A lista é construída com base numa série de critérios que orientam os jurados durante o processo de escolha. São avaliados: a qualidade consistente e crescente dos vinhos, a região ou país de origem, as necessidades e gostos dos consumidores, além da comercialização e distribuição dos vinhos.

Eu sou suspeito em falar dessas duas vinícolas, em minhas postagens sempre faço minhas harmonizações com os vinhos da Cono Sur ou Emiliana, por serem versáteis e fáceis de combinar e ainda terem um excelente custo X benefício.

Emiliana

A Cono Sur foi a primeira vinícola no Chile a produzir o Pinot Noir Premium e a primeira a exportar. A vinícola acabou se especializando nessa cepa, tanto que é a maior proprietária de vinhedos desta uva no mundo, produzindo 5 milhões de garrafas por ano.

Já a Emiliana é considerada a maior vinícola orgânica do mundo, produzindo vinhos com caráter e personalidade únicos, com a máxima expressão do terroir. Toda a produção é marcada por elevados padrões de qualidade que se refletem em seu extenso portfólio de vinhos de qualidade e elegância, além de serem sustentáveis, orgânicos e biodinâmicos.

A distribuição dos produtos é uma das chaves do sucesso, as marcas podem ser encontradas em muitos pontos de venda sem a necessidade de se desgastar para encontrar.

Serviço:

La Pastina
Site: www.lapastina.com
SAC: 0800-7218881