Safras premiadas de Don Melchor movimentam eventos no Rio e Brasília

Wine Dinners e degustações nas duas cidades contarão com a presença de Enrique Tirado, o nome por trás do lendário rótulo

20181128_160633

As safras 2015 e 2016 de Don Melchor do Chile serão apresentadas entre os dias 12 e 14 de março, com a presença de seu enólogo Enrique Tirado em degustações que acontecem no Rio de Janeiro e em Brasília.

DM 2016

As duas safras traduzem a elegância, o estilo e a complexidade deste notável vinho produzido no Vale do Alto Maipo.

No Rio, Tirado comanda dois Wine Dinners, sendo o primeiro em parceria com a Adega Hara, no Restaurante Érico, na Barra da Tijuca, no dia 12 de março, às 19h30, e o segundo, na Bergut Castelo, no Centro, no dia 13 de março, às 19h30.

No dia 14, Enrique Tirado segue para Brasília para encontro com clientes e visitas aos principais parceiros.

Confira os menus e preços:

Restaurante Érico (Avenida Érico Verissimo, 901 – Barra da Tijuca RJ) 12 de março, às 19h30 horas, tel: (21) 3435-7594 e (21) 2493-6161

Menu:

Entrada – Polvo Grelhado com musseline de batatas e Terrunyo Sauvignon Blanc;

Primeiro prato – Mignon de Javali ao molho rôti e mini legumes e Don Melchor 2015;

Segundo prato – Ossobuco com polenta mole e Don Melchor 2016;

Sobremesa – Mousse de chocolate com creme inglês e casca de amêndoas.

Preço: R$ 250 + serviço

 

Bergut Castelo (Av. Erasmo Braga, 299, Centro – RJ, 13 de março, às 19h30 horas, tel: (21) 2220-1887) – Dia 13 de março

Menu:

Entrada – Tartar de Atum ao Abacate e Terrunyo Sauvignon Blanc;

Primeiro prato – Ravióli Recheado com queijo da Serra da Canastra e Don Melchor 2015;

Segundo prato – Medalhão de filé mignon ao presunto de Parma com risoto de alho-poró e Don Melchor 2016;

Sobremesa – Tiramisù.

Preço: R$ 320 + serviço

Sobre as safras

Don Melchor 2015 foi produzido com 92% Cabernet Sauvignon, 7% Cabernet Franc, 1% Petit Verdot e descansou 15 meses em barris de carvalho francês (69% novos e 31% de segundo uso). A safra caracterizou-se por maior precipitação do que de costume, concentrada principalmente no inverno. O tempo seco e quente de novembro permitiu floração e vingamento adequados. O processo de amadurecimento foi parelho, resultando em uma safra com ótimos sabores e aromas. De coloração cereja e vermelho profundo, o vinho traz notas de frutas vermelhas mescladas delicadamente com notas minerais, sugerindo cinzas frias e grafite. Em boca, revela textura fina e delicada, e mostra-se amplo e profundo, com um ataque suave e sutil, seguido de uma evolução intensa. Seu teor alcoólico alcança 14,3%.

Don Melchor 2016 foi produzido com 93% Cabernet Sauvignon, 3% Cabernet Franc, 3% Petit Verdot, 1% Merlot e descansou 14 meses em barris de carvalho francês (55% novos e 45% de segundo uso). Temperaturas inferiores às da anterior, marcaram esta safra, também influenciada pelo fenômeno El Niño. Os solos pedregosos de Puente Alto contribuíram para a drenagem das chuvas no período de colheita, permitindo um amadurecimento equilibrado. De vermelho escuro profundo, este vinho esbanja elegância e fineza, e apresenta importante expressão aromática, na qual se destacam notas de frutas vermelhas pequenas. Em boca, um ataque suave que se perpetua com um perfeito equilíbrio de sabores e um final de boa duração, com destaque para taninos delicados e equilibrados. Teor alcóolico de 14%.

Sobre Don Melchor

O vinhedo Don Melchor tem desempenhado importante papel na história moderna do vinho chileno. Localizado na Cordilheira dos Andes, margem norte do Rio Maipo, no Vale do Maipo, a 650 metros acima do nível do mar, o vinhedo remonta a meados do século XIX, quando as primeiras variedades francesas pré-filoxera foram importadas da França. Atualmente é formado por 127 hectares, divididos em sete lotes, dos quais 90% correspondem à Cabernet Sauvignon, 7,1% à Cabernet Franc, 1,9% à Merlot, e 1% à Petit Verdot.

O enólogo Enrique Tirado desenvolveu uma longa e distinta trajetória na Vinícola Concha Y Toro. Ingressou em 1993 como encarregado das marcas premium da companhia, e a partir daí assumiu como enólogo gerente, a responsabilidade pelas marcas super premium e ultra Premium, incluindo Don Melchor. Foi sua extraordinária sensibilidade enológica, junto com seu incansável rigor, dedicação e estudo dos diferentes terroirs, que o permitiu ser designado em 1997 enólogo exclusivo de Don Melchor, o vinho ícone proveniente do destacado e reconhecido vinhedo de Puente.

Marcas de vinhos mais admiradas do mundo: Cono Sur e Emiliana

La pastina logo

As vinícolas Cono Sur e Emiliana estão entre as 50 marcas de vinho mais admiradas do mundo, segundo a Revista Drinks International. O “The World’s Most Admired Wine Brands” é um ranking anual feito com a participação de renomados especialistas do mundo do vinho, e no ranking de 2018, as marcas importadas com exclusividade pela La Pastina, se destacaram entre as vinícolas mais prestigiadas do mundo, como a Chateau Lafite e Chateau Margoux.

A lista é construída com base numa série de critérios que orientam os jurados durante o processo de escolha. São avaliados: a qualidade consistente e crescente dos vinhos, a região ou país de origem, as necessidades e gostos dos consumidores, além da comercialização e distribuição dos vinhos.

Eu sou suspeito em falar dessas duas vinícolas, em minhas postagens sempre faço minhas harmonizações com os vinhos da Cono Sur ou Emiliana, por serem versáteis e fáceis de combinar e ainda terem um excelente custo X benefício.

Emiliana

A Cono Sur foi a primeira vinícola no Chile a produzir o Pinot Noir Premium e a primeira a exportar. A vinícola acabou se especializando nessa cepa, tanto que é a maior proprietária de vinhedos desta uva no mundo, produzindo 5 milhões de garrafas por ano.

Já a Emiliana é considerada a maior vinícola orgânica do mundo, produzindo vinhos com caráter e personalidade únicos, com a máxima expressão do terroir. Toda a produção é marcada por elevados padrões de qualidade que se refletem em seu extenso portfólio de vinhos de qualidade e elegância, além de serem sustentáveis, orgânicos e biodinâmicos.

A distribuição dos produtos é uma das chaves do sucesso, as marcas podem ser encontradas em muitos pontos de venda sem a necessidade de se desgastar para encontrar.

Serviço:

La Pastina
Site: www.lapastina.com
SAC: 0800-7218881

 

Jerez Tio Pepe está na edição do Sherry Wine Week

image016

Evento que acontece simultaneamente em várias cidades do mundo, contará com ações em São Paulo de 6 a 12 de novembro

Em seu quarto ano consecutivo, o International Sherry Week da destaque a um dos mais emblemáticos e originais vinhos do mundo: O Jerez.

Em uma série de eventos no Brasil, e em mais de 30 diferentes países em cinco continentes, celebram esta típica bebida espanhola.

Nos três anos de existência, o ISW promoveu cerca de 6 mil eventos em 25 países, com a participação de mais de 200 mil amantes de Jerez em todo o mundo. E eu sou um  deles!

Marca centenária e praticamente sinônimo da bebida, o Tio Pepe, produzido pela vinícola González Byass e importado pela Inovini,  estará em atividades especiais em vários restaurantes. Em São Paulo, o vinho pode ser encontrado nos principais bares e restaurantes da cidade, como o mediterrâneo Tanit e o espanhol Torero Valese.

Aurora Tio Pepe

Confira abaixo o calendário de ações:

– Dia 3/11 (sexta-feira), das 12h às 20h, na Bruschetteria Tappi (Rua Carlos Weber 1.511) com a Chica Tio Pepe servindo degustações do drink Tiojito.

– Dias 10 e 12/11 (sexta-feira e domingo), das 12h às 16h, no Aranda (Rua Amauri, 328) com a Chica Tio Pepe e Tio Pepe em dobro.

Vinho Tio Pepe – História

Criado em 1840 para homenagear o tio fundador da bodega, o vinho Tio Pepe foi a primeira marca registrada da Espanha. Versátil, é o vinho perfeito para acompanhar os mais diversos pratos da cozinha ibérica e asiática e está sendo redescoberto por bartenders da alta coquetelaria

Vinícola González Byass – História

Em 1835, o jovem Manuel Maria González Angél, incentivado por seu tio José Angél de La Peña (o Tio Pepe) chegou à cidade de Jerez disposto a conquistar seu espaço no negócio de vinhos. Adquiriu uma pequena bodega e começou a elaborar e exportar seus próprios vinhos. Atualmente, além de Jerez, também possui vinícolas em diversas regiões espanholas, como Rioja (Beronia), Catalunha (Cavas Vilarnau), Castilla la Mancha (Finca Constancia), Somontano (Viñas del Vero), entre outras. www.gonzalezbyass.com

Sobre a INOVINI

A Aurora, tradicional importadora presente no mercado brasileiro desde 1946, lançou em 2009 a marca INOVINI, divisão dedicada exclusivamente ao mercado de vinhos finos. A empresa que já atuava na importação e distribuição desse segmento optou por criar uma área específica para que o segmento ganhasse maior foco dentro da companhia. Com isto, agregou novas marcas ao seu portfólio e trouxe um time de profissionais com sólida experiência de mercado.

Serviço:

Tel.: (11) 3623-2280

Site: www.inovini.com.br

 

Sorvetes Häagen-Dazs: Novos sabores lançados no Brasil, Coconut & Passion Fruit e Hazelnut Crunch

Hagen dasz logo

A empresa que faz um dos sorvetes que mais amo, lança no Brasil dois novos sabores:

Coconut & Passion Fruit e Hazelnut Crunch, estarão disponíveis no final de outubro.

Além disso, com o intuito de refletir as texturas, cores e sensações de seus diferentes sabores de sorvetes, a Häagen-Dazs apresenta suas novas embalagens, criadas por 13 diferentes artistas do mundo inteiro.

O novo design reflete o mais recente posicionamento global da companhia, que vem se aproximando dos jovens millennials não apenas por meio de sua comunicação visual, mas em todo seu conjunto de ações estratégicas.

Para o processo de criação das obras de arte que ilustrariam as embalagens, a Häagen-Dazs buscou artistas renomados da atualidade como Santtu Mustonen e Kustaa Saksi para degustar os sorvetes. A partir de então, eles interpretaram visualmente as sensações que obtiveram a partir da experiência Häagen-Dazs para criar obras de arte que traduzem cada sabor, dando origem às embalagens únicas.

O visual mais jovem e contemporâneo utiliza cores da tendência da nova estação, como os tons de azul, verde, laranja, dourado e preto, e diferenciam-se entre si para facilitar a identificação dos sabores pelos consumidores no ponto de venda.

Hagen coco

Hagen Dasz crunch

A novidade chega ao Brasil nos sabores Coconut & Passion Fruit, que une coco cremoso com maracujá, e o Hazelnut Crunch, com pedaços açucarados de avelã e amêndoas caramelizadas. Já no início de 2018 todo o portfólio de produtos Häagen-Dazs contará com o visual repaginado.

Picolés em Campinas

A marca traz também para Campinas, interior de São Paulo, o novo Häagen-Dazs no palito, formado pela combinação de ingredientes selecionados com pedaços de amêndoas, recheios e caldas.

O novo formato, que já é sucesso na Europa e Ásia desde o início do ano, conta com os sabores: Vanilla Caramel Almod, recheio cremoso de baunilha, amêndoas, calda de caramelo e casquinha crocante; Chocolate Choc Almond, com recheio e casquinha de chocolate ao leite Häagen-Dazs, combinado com pedaços de amêndoas; e White & Almond, de baunilha e casquinha de chocolate branco, acrescido com amêndoas selecionadas.

Os picolés Häagen-Dazs já podem ser encontrados em hiper e supermercados, assim como empórios, padarias, cafés e restaurantes de Campinas. Em novembro, também estarão disponíveis na loja própria da marca, localizada no Shopping Parque Dom Pedro, Entrada das Flores.

Atualmente, a Häagen-Dazs oferece uma linha completa de sorvetes consagrados pelos maiores especialistas do mundo, e por mim, obviamente.

Sobre a General Mills Brasil

Criada em 1866, nos Estados Unidos, a General Mills é uma das maiores empresas de alimentos no mundo presente em mais de 100 países com marcas como Fiber One, Yoplait e Old El Paso. No Brasil desde 1996, a empresa possui portfólio formado por produtos Yoki, Kitano, Häagen-Dazs, Mais Vita e Betty Crocker.

Se você como eu, ama os sorvetes da Häagen-Dazs, esta é uma grande oportunidade de se deliciar com novos sabores. Um deleite imperdível!