Jogo da Copa com churrasco e vinho cai bem!

IMG_8275

Harmonizar vinhos e churrasco pode sempre parecer um grande desafio.

Não pela dificuldade de sabores, mas pela diversidade de vinhos disponíveis e a diversidade de carnes que se pode ter em um churrasco.

IMG_4362

É necessário usar a inteligência e conhecimento e também a imaginação ao combinarmos estes tesouros da gastronomia que unem sabores e temperos em uma contínua série de vinhos a serem degustados em cada etapa do preparo na grelha.

Chega a ser algo romântico pra mim. Sim, explico, a diversidade e possibilidades são tão grandes que nesta linha de aromas, gostos e sabores, circulamos por várias etapas que vão desde as entradas á carne propriamente dita.

Sabemos que nenhum dia de comemoração com amigos e família onde o churrasco, o vinho e porque não, também a partida da copa tem seu destaque por etapas que se iniciam na recepção com entradas leves, queijos e saladas, passando pelos primeiros grelhados que em geral são linguiças e carnes mais leves, até a celebração em seu ápice das carnes maturadas, intensas em sabores e que exigem um vinho com bom corpo.

E o jogo também, em sua partida contínua que vai da apresentação dos jogadores, as emoções da primeira etapa, o intervalo que é uma respirada para brindarmos com vinhos leves, á etapa final conclusiva da partida. Tendo no meio de tudo isso, o ápice quando nosso time marca ou sofre um gol.

E onde está o romantismo disso? Está na delícia que é harmonizar cada etapa e sentir nos sabores com intensidade, toda a diversidade que também há em uma relação contínua, no jogo, no churrasco ou nas relações amorosas. Mas na verdade o romantismo propriamente dito é para mim, a arte de harmonizar. Amo!

Mas vamos ao churrasco, pois logo logo o jogo já começa e as pessoas estarão voltadas ás suas taças e a telinha, e nosso churrasco precisa estar em andamento.

20170128_164651

Primeiramente as entradas de maionese, saladas e aquela linguicinha que não pode faltar para “forrar” o estômago. Nessa fase os jogadores ainda não entraram. É só a preparação para o início do jogo (e do churrasco).

Aqui eu sugiro um espumante brut ou Prosecco e também um espumante rosé. Cai muito bem para preparar o palato.

IMG_8329

Com as saladas e entradinhas vai bem também um vinho branco Viognier, Alvarinho e também Sauvignon Blanc e Riesling. Que coisa boa!

Se vierem as linguiças e o queijo coalho, bem como aquele pãozinho de alho saboroso, um Pinot Noir fica divino!

IMG_8324

Nesta fase os jogadores já estão em campo e o hino nacional foi está tocando.

As carnes nobres estão lentamente na grelha aguardando o ápice para serem apreciadas com um bom tinto.

Não vou entrar em detalhes sobre as carnes em geral, pois o gosto é tão variado e a ideia é ser algo leve e descontraído.

Mas lembro que um tinto encorpado com maior teor alcoólico e características como as das uvas Cabernet Sauvignon, Tannat, Cabernet Franc, de forma que se apresentem com a parte da passagem em barricas, bem equilibrada, são fundamentais para o sucesso do churrasco (e do jogo para não amargar uma derrota, rs).

IMG_2926

Aqui as atenções estão no momento do ápice, o gol. Para ele recomento taças ao alcance das mãos e um bom espumante ou Champagne que cai bem a toda hora no churrasco, ou na pausa para comemorar o GOL! Ou ainda mais, no intervalo entre um tempo e outro… e a carne lá, na grelha cuspindo faíscas!

IMG_9905

Começa o segundo tempo, lá vem uma boa taça de vinho tinto e aquela picanha tão esperada e desejada. Meu Deus, dos deuses!

E começam os gols e a euforia já se inicia. Para uns é o vinho fazendo efeito, para outros é o sabor da carne tão aguardada e outros claro, o futebol! 3 x 1 ou 3 x 0 ta de bom tamanho, o churrasco vira festa de confraternização, todos estão felizes, afinal, o gosto de cada um foi realizado.

Mas aí alguém grita na cozinha: “E a sobremesa?”

IMG_4781

20171207_154958

IMG_8619

Faltam apenas 10 minutos para acabar o jogo e lá vem aquelas travessas com pudim de leite, mousse de chocolate, tiramisù, ai meu Deus, e agora?

Não tem como, acompanhando tudo isso vem vinhos de sobremesa, a mocinha ao lado quer a salada de frutas, ela diz “não vou engordar né!”, esquecendo que durante todo o churrasco ela comeu e bebeu de tudo. Mas tá valendo. Aparece um vinho colheita tardia, mel, amêndoas, especiarias, tudo isso e mais um Vin Santo. Nossa, que virá depois!

O jogo é contínuo e faltando 5 minutos sai o último gol. 4 x 0 ? é demais! E lá vem aquele vinho Sauternes. Nossassinhorraaaaa! Que coisa boa! Que alegria!

Após a pausa do momento efusivo, começamos tudo novamente. Que fôlego!

Agora só esperar o próximo jogo, ou o próximo vinho. Valha-me Deus!

Saúde!

 

Qualimpor realiza a 7ª edição do seu já consagrado Wine Day

image004

Para os apaixonados por vinhos e azeites, teremos mais uma edição do Wine Day da importadora Qualimpor.

Á 23 anos no Brasil, a importadora realiza de 7 a 17 de maio a 7ª edição do evento já consagrado e tão aguardado pelos apreciadores de vinhos. Haverá degustação de produtos exclusivos e rótulos premiados, como acontece em todas as edições.

O Wine Day Qualimpor passará pelas cidades de São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Vitória, Brasília, Porto Alegre, Florianópolis e Balneário Camboriú e terá prova de vinhos e azeites das vinícolas Herdade do Esporão, Quinta do Crasto e Quinta dos Murças, além dos rótulos orgânicos da Quinta do Ameal, dos Portos Taylor´s e Vargellas e dos cavas Freixenet.

Evento destinado a enófilos e profissionais do setor de vinhos, terá a presença de João Roquette, diretor da importadora; de Diogo Melo (Esporão), de Tomás Roquette (Quinta do Crasto), de Pedro Araujo (Quinta do Ameal), de Fernando Seixas (Taylor´s) e Fabiano Ruiz (Freixenet).

wine day qualimpor

Como destaque seguem as novidades no portfólio da Qualimpor nesta edição:

Esporão Colheita Tinto 2016

Esporão Colheita Branco 2017

Porto Crasto 1998.

Além destes, outras novidades serão apresentadas aos convidados, como os novos tintos Quinta dos Murças Minas e Quinta dos Murças Margem, o branco Bico Amarelo, o Single Harvest Taylor´s 1968 e os cavas Rodestiu e Freixenet Ice.

Importadora Qualimpor
(11) 5181-4492
www.qualimpor.com.br

Te vejo por lá! Saúde!

 

Almoçar no Terraço Itália na Páscoa? Uma oportunidade imperdível e única!

logo terraço italia

Almoço de Páscoa ganha menu sofisticado no Terraço Itália

Com cardápio elaborado pelo chef Pasquale Mancini a Páscoa no Terraço Itália traz receitas autorais e sobremesas com chocolate.

O almoço do domingo de Páscoa pode ser uma grande experiência gastronômica com possibilidade de harmonização com ótima carta de vinhos.

É o momento para reunir a família em torno de pratos harmoniosos e bem elaborados e com toques de sofisticação na maravilhosa vista oferecida no Terraço Itália.

Para a data, que será comemorada no dia 16 de abril, o restaurante tem um menu especial com receitas requintadas e ingredientes da melhor qualidade.

A inspiração vem da culinária italiana, no almoço servido em sistema de buffet e que traz opções variadas para agradar toda a família.

Ovos poché com aroma de trufas e panceta sobre espinafre  Johnny Mazzili

Ovos poché com aroma de trufas e panceta sobre espinafre
Johnny Mazzili

Como entrada, o almoço terá opções como camarão cozido ao natural com três molhos, ovos poché com aroma de trufas e panceta sobre espinafre e salada de rúcula, funghi e queijo brie.

Entre os pratos principais, o menu oferece lascas de bacalhau ao molho Champagne, aspargos e amêndoas, envoltine de salmão e camarão ao creme de tomate e limão siciliano e penne ao molho bechamel com ervilhas e peito de peru.

Filet mignon recheado com mussarela, tomate seco e rúcula  Johnny Mazzili

Filet mignon recheado com mussarela, tomate seco e rúcula
Johnny Mazzili

Para quem prefere pratos mais encorpados, o pernil de cordeiro é acompanhado de mini batatas ao alecrim e o filet mignon vem recheado com mussarela, tomate seco e rúcula.

Para fechar o almoço de Páscoa como manda a tradição, sobremesas a base de chocolate em diversas receitas como o ninho de chocolate que é um dos destaques, ao lado da torta de chocolate com mandorle e a mezzaluna de chocolate branco com nocciola.

Bavarese de frutas vermelhas  Johnny Mazzili

Bavarese de frutas vermelhas
Johnny Mazzili

Outra sugestão para adoçar a refeição é a bavarese de frutas vermelhas.

Páscoa no Terraço Itália 

Dia 16 de abril, a partir das 12:00 horas

Avenida Ipiranga, n°344 – 41° – Centro – São Paulo – SP

Valor: R$ 165 por pessoa (crianças até 6 anos não pagam; crianças de 7 a 11 anos têm 50% de desconto)

Reservas mediante compra antecipada do pacote

Formas de Pagamento: todos os cartões de crédito

Reservas: SP (11) 2189-2929

Estacionamento com manobrista

 

Importadora Zahil comemora 30 anos e apresenta novidades

zahil

A importadora Zahil comemorou seu aniversário apresentando muitas novidades em vinhos.

Em evento que aconteceu no Ráscal, foram apresentados vinhos do Chile, França, Líbano, Argentina e Itália.

O evento descontraído e muito agradável contou com a presença de jornalistas e formadores de opinião, bem como em seguida por lojistas e profissionais de restaurantes.

As mesas foram dispostas á degustação e experimentação, e pude provar a totalidade dos vinhos apresentados, tendo é claro minhas preferências.

Destacam-se os vinhos do Líbano, por serem pouco comuns, além de alguns da Itália e França.

Como produtor argentino foram expostos vinhos da Bodegas Salentein, e do Chile como destaque o Chatêau Los Boldos, nosso antigo conhecido.

Mas vamos aos vinhos.

img_1607

Já que falamos de Líbano, provamos três vinhos, um branco, um rosé e um tinto que descrevo abaixo.

Château Kefraia

– Les Bretèches Blanc 2014: Corte de sete uvas, Muscat Blanc a Petit Grains, Bourboulenc, Sauvignon Blanc, Viognier, Verdejo e Clairette. Um vinho leve, com 12.5% de álcool, sem passagem em barricas de carvalho. Aromas de flores brancas, em boca apresenta toda a sua característica cítrica e frutas exóticas. Preço referência R$ 125,00.

– Les Bretèches Rose 2014: Aqui entram três uvas no corte, a Grenache, Syrah, Tempranillo e Cinsault. Muito leve também e sem passagem em madeira. Preço referência de R$ 125,00.

img_1609

– Les Coteaux  2012: Vinho tinto das uvas Syrah, Marselan, Cinsault e Cabernet Sauvignon, Corpo médio,  com 14% de teor alcoólico, em característica de um vinho bem frutado. Com passagem de 18 meses em carvalho e preço referência de R$ 142,00.

img_1606

Da Itália sem dúvida o branco orgânico Lupi Reale Pecorino apresenta uma uva diferente que vale a pena provar.

img_1611

Da França o trio com dois brancos e o rosé do produtor Château de Jau, são leves, verdadeira inspiração.

Enfim, novidades da Zahil que chegam ao consumidor e estão disponíveis no site da empresa,

www.zahil.com.br

Nos vemos no próximo! Saúde!