Vinho One Bottle of Red 2015 harmonizado com pastel? Isso mesmo!

20170818_192650

Ás vezes  estamos a procura de um vinho que seja fácil de beber, descontraído e que pode ser degustado com qualquer prato ou ocasião.

O One Bottle of Red 2015 em sua característica é assim. Um corte das uvas Cabernet Sauvignon (87,5%) amaciado por 12,5% da uva Merlot, fica fácil de entender tamanha versatilidade no momento do consumo.

Vinho do Chile, sem passagem por barricas de carvalho, denota fruta em toda a sua essência, tanto nos aromas como em boca, tendo um corpo médio e uma estrutura tânica leve e equilibrada.

É ideal para ser tomado de forma descontraída, junto aos amigos e também para harmonizar com carnes vermelhas, queijos maduros e massas com molhos apimentados.

Experimentei com um pastel de carne bem condimentado e com toques de pimenta, e posso dizer que a surpresa foi boa, integrando o vinho na boca com a carne quentinha e apimentada do pastel. Show!

Estas são daquelas experiências que fazemos para ver o quanto um vinho pode ser apreciado em condições de puro “relax” familiar. Demonstra com isso a forma como podemos abordar o consumo do vinho, sem frescuras!

one bottle of red

O vinho tem teor alcoólico de 13% e seu preço está na faixa de R$ 49,00.

Maiores informações:

www.winebrands.com.br

 

 

Jèma, da Max Brands: Um vinho premiado e reconhecido, pronto para ser degustado

Faz algum tempo que conheço este vinho e tive a grata satisfação de degustá-lo por algumas vezes. Primeiramente na degustação promovida no meio do ano passado (2011) pela Max Brands e sucessivamente em vários eventos do setor.

Desde o princípio ele me surpreendeu, pelos aromas, pela harmonia no conjunto, pela elegância e maciez nos taninos.

No último Evento Vitória ExpoVinhos 2012, no Espírito Santo, ocorrido no dia 21 de junho, o mesmo vinho Jéma Corvina Veronese 2007 ficou entre os Top 5 da feira na categoria Velho Mundo, junto com o Moscatel Passito Batassiolo, que se classificou na categoria de vinhos de sobremesa, também da Max Brands.

Com a safra 2005 recebeu 90 pontos pela revista americana Wine Enthusiast Magazine e medalha de ouro no importante Concurso de Bruxelas.

Participou do Encontro de Vinhos em São Paulo, no Bendita Hora, evento que antecedeu a Expovinis deste ano,  ficando em 2º lugar na eleição dos Top Five do Encontro de Vinhos.

É um vinho que se apresenta com coloração vermelho púrpura brilhante. Aromas de frutas vermelhas e cerejas maceradas com tons e notas de cacau e café torrados.

No paladar é suave, completo, equilibrado e de excelente persistência.

Na sua elaboração, na fase de maturação, as uvas são desbastadas para realçar as características deste vinho. As uvas foram colhidas com cuidado e colocadas para secar por 20 dias. A maceração fermentativa também durou cerca de 20 dias.

Envelhecimento: 18 meses em barris de carvalho francês, com posterior 6 meses de amadurecimento em barris de carvalho e 1 ano em garrafa.

Acompanha carnes de caça, grelhados e cozidos, assim como um queijo muito bem temperado. Também é perfeito para ser degustado unicamente em lentos goles.

Você encontra este vinho á venda na Vinnobile: http://www.vinnobile.com.br/produto/100/1673/jema-corvina-veronese-igt-2005

Leia mais sobre o Jèma em:

http://vinhodosanjos.wordpress.com/2011/06/21/degustacao-max-brands-um-%e2%80%9cdiluvio%e2%80%9d-em-emocoes-e-profusoes/

Wine Lovers apresenta d`Alessandro, produtor de expressão da Sicília

Estas últimas duas semanas foram bem corridas e agitadas. O mês de abril tem tido uma sequência grande de degustações e eventos, e para os próximos dez dias não será diferente

Na terça feira, (09/04) a Wine Lovers promoveu encontro com o produtor dos vinhos Giacomo d`Alessandro no Inomminato Osteria. Presentes pessoas ligadas ao mundo dos vinhos, jornalistas, blogueiros e representantes de entidades ligadas ao mundo dos vinhos.

Giacomo d’Alessandro é o fundador e proprietário da d`Alessandro Winery, localizada perto de Agrigento, na Sicília. Apesar das terras, da vinícola e dos vinhedos estarem na família desde 1820, só em 2006 é que Giacomo abriu a sua adega familiar.

Seu mais recente empreendimento empresarial é d’Alessandro Vinhos, uma adega tecnologicamente avançada, que mescla a história da família e da ligação à terra com modernas práticas ecológicas ao fazer vinhos de uvas autóctones da Sicília.

Giacomo vive em Roma, mas viaja frequentemente para a casa da família em Agrigento para supervisionar o desenvolvimento e expansão da vinícola. Quando não está na Sicília ou em Roma, Giacomo pode ser encontrado viajando pelo mundo promovendo Vinhos D’Alessandro., como neste caso, no Brasil, junto a Wine Lovers.

Foram apresentados e degustados cinco vinhos, sendo três brancos e dois tintos, que seguiram harmonizados com cada prato, reforçando a identidade de cada um e valorizando suas características.

A D`Alessandro é a única vinícola em Agrigento, sendo suas terras voltadas  para o mar.

Trabalha exclusivamente com uvas indígenas e usa muito pouco, barricas de carvalho. Na verdade, só as usa no vinho Nero d’Avola Syrah, que na primeira safra já ganhou vários prêmios, buscando  com isso toda a expressão da fruta, e obtendo resultados.

Abaixo os vinhos degustados na noite:

– d´Alessandro Inzolia Sicilia 2010: Uva 100% Inzolia, com teor alcoólico de 12%. Muito fresco e mineral, não é barricado, possui boa acidez e leveza. Bom para acompanhar peixes, grelhados e sushis. Faixa de preço R$ 39,00.

– d´Alessandro Catarratto Sicilia 2010: Uva 100% Catarrato, com teor alcoólico de 13%. Médio corpo, sem barrica. Mais complexo que o anterior. Faixa de preço R$ 69,00.

– d´Alessandro Grillo Sicilia 2010: Uva 100% Grillo, com teor alcoólico de 13%. Aromas de defumado, tabaco, mineralidade, mesmo sem ter barrica. Harmoniza muito bem com peixes e mariscos. Faixa de preço R$ 69,00.

– d´Alessandro Nero D´Avola Sicilia 2009: Uva 100% Nero D`Avola. Teor alcoólico de 13%. Não é filtrado, bons aromas e boa complexidade. Na boca ameixa preta, uva passa e “doçura”. Não passa por madeira. Faixa de preço R$ 39,00.

 

– d´Alessandro Nero D´Avola Syrah Sicilia 2008: Uvas 35% Syrah e 65% Nero D`Avola. Com teor alcoólico de 14%. Vinho que passa 6 meses em barricas de carvalho francesas. Aromas de mato cortado, na boca grande complexidade e sensação de uvas passas. Na faixa de R$ 75,00.