Portugal investe no Brasil com presença forte de seus vinhos em supermercados

Portugal Festival

Está chegando a 2ª edição do Festival Vinhos de Portugal

A ação acontece entre os dias 29 de outubro e 7 de novembro próximos, quando os rótulos portugueses serão protagonistas nas prateleiras de supermercados, lojas, empórios e e-commerces de todo o País.

Durante o período, estabelecimentos físicos e virtuais participantes vão criar campanhas, promoções e outras atividades em torno dos vinhos de Portugal.

O objetivo é destacar os rótulos portugueses no varejo, canal de compras que representa quase 70% das vendas de vinhos no Brasil, de acordo com dados da ABRAS (Associação Brasileira de Supermercados).

A primeira edição do evento, realizada em 2020, impactou positivamente nas vendas e exportações de vinhos portugueses no Brasil. No último ano, o envio de rótulos de Portugal para nosso mercado aumentou 23,5% em valor.

Quando são analisadas exclusivamente as exportações de vinho DOP ou IGP (vinho certificado com maior valor agregado), o crescimento é ainda mais significativo: o Brasil ultrapassou os EUA e agora ocupa a liderança nesta categoria, com crescimento de 28% em valor e em volume.

Este ano o evento vai refletir esse posicionamento de qualidade superior, apostando nos vinhos premium nas peças de decoração criadas para os estabelecimentos. “Esse direcionamento está em consonância com demandas que o mercado aponta: os vinhos portugueses foram os únicos a registrar aumento em valor e preço médio ao longo de 2020”, resume Carlos Cabral, consultor do Festival.

No primeiro quadrimestre de 2021, o destaque nas exportações de vinhos portugueses foi para o Brasil: um aumento de 44,4%, representando 20,69 milhões de euros.

Para a ViniPortugal, o objetivo na edição deste ano é expandir a oferta de vinhos e o número de pontos de vendas em diferentes cidades do Brasil, em estados mais distantes do eixo Rio-São Paulo.

Aproximadamente 3.000 lojas espalhadas por todo o Brasil devem participar do Festival. Serão vinhos de 9 das principais regiões vinícolas de Portugal e mais de 250 tipos de uvas.

Capacitação profissional

As lojas participantes vão receber gratuitamente materiais para decoração do ponto de venda e sinalização de seus espaços dedicados aos vinhos portugueses no período do evento. As equipes das lojas, empórios e supermercados terão um treinamento em vinhos de Portugal ministrado pelo consultor Carlos Cabral, que soma 40 anos de trabalho no mundo do vinho e mais de 23 anos atuando em uma grande rede de varejo.

Promovido pela Vinhos de Portugal em parceria com a ABRAS – Associação Brasileira de Supermercados, o Festival Vinhos de Portugal tem participação do Instituto dos Vinhos do Douro e Porto, da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana, da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes, da Comissão Vitivinícola Regional do Tejo, da Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior, da Comissão Vitivinícola Regional do Dão, da Comissão Vitivinícola da Região de Lisboa, da Comissão Vitivinícola Regional da Península de Setúbal e da Comissão Vitivinícola da Bairrada.

 

 

Vinho Verde Wine Experienca acontece em São Paulo no Sky Hall

VVWXP_POST04_SP

Anote na agenda e veja como adquirir seu ingresso: próximo dia 05 de novembro

No ano que a região demarcada  dos vinhos verdes completa 112 anos , o evento propõe uma experiência única ao público com degustações de mais de 100 rótulos de vinhos, uma programação de Speed Tasting que traz temas de relevância ao mercado consumidor, com presença de palestrantes de alto nível como Suzana Barelli (colunista de vinhos do Caderno Paladar do jornal o Estado de São Paulo), Fabio Freitas (profissional da área e consultor de vinhos)  e Gonçalo Rowett,  representante da CVRVV.

Será um formato menor do que ano anterior devido a situação atual, mas com os principais conteúdos e garantindo a segurança dos visitantes, seguindo todos os protocolos de saúde.

O Vinho Verde Wine Experience este ano, de uma forma muito especial, acontece com objetivo de trazer um portfólio selecionado de Vinhos Verdes da região noroeste portuguesa, entre alvarinhos, monocastas, brancos, rosés, tintos e espumantes para quem quer apreciar bons vinhos, com algum conhecimento ou desejo de o aprofundar.

Desta edição daquele que é o maior evento de Vinhos Verdes do Brasil fazem parte mais de 100 variedades de vinhos de produtores, e até alguns rótulos que ainda não estão disponíveis no mercado brasileiro.

“O Vinho Verde é único no mundo. A frescura vibrante, a elegância, a estrutura, a expressão aromática e gustativa, com destaque para as suas notas frutadas e florais, são as características que definem e diferenciam o Vinho Verde”.

Informações – programação

Vinhos – vinícolas

1    AB Valley Wines

2    Adega de Monção

3    Adega Ponte de Lima

4    Adega Ponte da Barca

5    Aveleda

6    Campelo

7    Provam

8    Quinta da Calçada

9    Quinta da Lixa

10  Quinta das Arcas

11  Sogrape

12  Valados de Melgaço

13  Vercoope

14  Vinhos Norte

Speed Food

3 pontos com restaurantes de elevada qualidade

 

Speed Tasting – programação

150 participantes por slot

“Speed Tasting – Vinhos leves e frescos” –  Suzana Barelli

1 slot – 16h30 as 18h30

2 slot – 19h as 21h

3 slot – 21h30 as 23h30

 

“Speed Tasting – Vinhos intensos, complexos e estruturados” – Fabio Freitas

1 slot – 16h30 as 18h30

2 slot – 19h as 21h

3 slot – 21h30 as 23h30

 

“Speed Tasting – Há um Verde para cada momento” – Gonçalo Rowett

1 slot – 16h30 as 18h30

2 slot – 19h as 21h

3 slot – 21h30 as 23h30

 

Masterclass – exclusivo para Profissionais

14h30 » 16h00

(2 masterclasses, asseguradas por Gonçalo Rowett e Carlos Cabral – 50 pessoas cada uma)

Endereço do evento:

Skyhall – Av. Juscelino Kubitschek, 1327 Vila Nova da Conceição

Ingressos: R$ 50

Onde comprar: site: www.vinhoverdewineexperience.com.br

O ingresso dá acesso:

  • 1 taça oficial
  • Provas livres com os melhores produtores da conceituada Região dos Vinhos Verdes
  • 3 speed tastings
  • Finger foods

 

Vinho Crasto Douro harmonizado com hambúrguer caseiro

20200724_090614

Já pensou em harmonizar um belo hambúrguer com vinho tinto?

Nós fizemos isso e ficou sensacional. Claro que demos nosso toque e buscamos ressaltar toda a complexidade do vinho bem como da comida.

O vinho que escolhemos foi o Crasto Douro 2018 da conhecida vinícola portuguesa Quinta do Crasto, do Douro em Portugal.

Já conhecemos toda a linha de vinhos deste produtor e a cada safra nos surpreendemos com a qualidade, cuidado e uniformidade nos produtos.

20200722_114125

Este vinho é um corte das uvas Touriga Nacional, Tinta Roriz, Touriga Franca e Tinta Barroca o resultado é um belo blend destas castas tão enigmáticas e conhecidas por quem aprecia os vinhos portugueses.

Quanto ao hambúrguer, ele foi feito de forma caseira em um blend de carnes que incluíram fraldinha e acém. Colocamos também um pouco de ervas finas e deixamos o sal para o momento da grelha.

20200723_174444

Após grelhar os dois lados, colocamos duas fatias de queijo Emmental e abafamos. Pronto! Junto com as batatas bravas que também elaboramos ainda fizemos um molho de gorgonzola com requeijão e também tomate cereja e uma folhinha de manjericão. Ficou show!

Mas o melhor de tudo foi o sabor entre um e outro, vinho e hambúrguer. Um composto “dos deuses” eu diria.

O vinho com seu tanino e teor alcoólico combinou com a gordura do queijo e da carne, bem como as ervas com os aromas e sabor do vinho em composição harmônica, deliciosa e sutil!

O hambúrguer é receita nossa, mas o vinho pode ser encontrado nos empórios e mercados e é importado pela Qualipor (www.qualimpor.com.br)

Experimente e seja ousado! Vale a pena!

Saúde!

Total Vinhos: Três vinhos diferentes, três fantásticas experiências

20200805_172312

Degustação comentada reúne jornalistas em torno do tema de vinhos orgânicos e biodinâmicos

Unindo os enólogos José Aguirre e Patrício Torres, da Veramonte, Pedro Dourado, da Lusovini, e Marco Antonio De Martino da Nuevo Mundo o bate papo marcou a característica dos diversos terroirs e a experiência de cada um na condução dos parreirais, da vinificação e o resultado final da taça.

Vinhos com preços acessíveis como o Ritual Chardonnay do Chile, Pedra Cancela Eco-Friendly de Portugal e o Nuevo Mundo Carménère também do Chile.

Nas explanações um pouco dos projetos de cada enólogo, sua visão de futuro e também os projetos que fazem parte da empresa TDP Wines que engloba a Total Vinhos (E-commerce) o projeto Go Up! Entre outros negócios sendo fomentados, tanto para o consumidor como para o segmento B2B.

O respeito ao meio ambiente pauta a atuação da Total Vinhos que conta um portfólio de rótulos das mais reconhecidas vinícolas de manejos orgânico e biodinâmico, com produções baseadas na busca pela maior qualidade de vida da terra, dos vinhos, dos produtores e dos consumidores.

A plena relação entre o solo, as plantas, os ciclos da lua e o respeito à biodiversidade em torno da vinícola são os principais aspectos da agricultura biodinâmica. Elementos naturais como chás auxiliam na mineralização do solo, que não recebe agentes químicos. A plantação de rosas e girassóis entre as videiras controla a proliferação de pragas.

É a forma biodinâmica de garantir o equilíbrio natural. Sem o uso de produtos sintéticos, a agricultura biodinâmica é responsável pela elaboração de vinhos mais intensos, saudáveis e saborosos.

A ausência do uso de pesticidas, fungicidas ou qualquer outro agrotóxico também marca a produção dos vinhos orgânicos, cuja elaboração ocorre através da agricultura convencional. Esse tipo de vinho geralmente é produzido com leveduras indígenas, fermentação espontânea e o mínimo de intervenções.

A Nuevo Mundo, marca da De Martino, desde o início do século tem seus vinhedos certificadamente orgânicos. Também foi a primeira vinícola a obter o certificado Carbon-Free na América do Sul.

Em Portugal, a gigante Lusovini se dedica ao conceito eco-friendly no projeto Pedra Cancela, criado a partir de cultivo e manejo realizados de forma a minimizar o uso de qualquer produto que seja nocivo à saúde da vinha e das pessoas.

Um pouco sobre os três vinhos degustados e comentados:

20200804_172239

– Ritual Chardonnay 2017

Do Vale de Casablanca no Chile, este chardonnay tem cor límpida com reflexos esverdeados. Nos aromas prevalece o cítrico com destaque para a maça verde e tangerina. Em boca acidez pronunciada, toque de baunilha em contraste com um limão.

Colheita e seleção manual, teve sua fermentação fracionada em ovos de concreto (20%), barricas novas (20%) e neutras (60%). A maturação seguiu em tanques de aço inox.

20200804_171024

– Pedra Cancela Eco-Friendly 2014

Corte das uvas Touriga Nacioanl, Alfrocheiro, Tinta Roriz e Jean, este vinho da Lusovini da região do Dão em Portugal é uma grata surpresa.

De coloração ainda intensa, tem um potencial de guarda de mais de 10 anos. Estagia 6 meses em barricas de carvalho francês.

Um vinho aveludado, com nuances de frutas vermelhas nos aromas e boca. Tabaco e tofffee ainda complementam a boca em um final gostoso e marcante.

20200804_184049

– Nuevo Mundo Carmenérè  2016

Delicado e refrescante este carmenérè é fruta fresca em nariz e boca. Com notas ainda de especiarias e tabaco, foi elaborado no Vale de Maipo no Chile com condução orgânica.

Tem passagem de 12 meses em barricas de carvalho francês e cubas de concreto, mas tem leveza e elegância na medida certa e equilibrada. As leveduras utilizadas são indígenas. É saboroso e tem um final longo e persistente.

Para adquirir os vinhos basta acessar o site da importadora: www.totalvinhos.com.br

Saúde e boas experiências!