A linha de vinhos Marquês de Casa Concha cresce com modernidade

VCT

 

Dois novos vinhos Marques de Casa Concha, vinhos da marca ícone da Concha Y Toro do Chile, chegam ao mercado para consolidar e mostrar que a empresa está de olho no mercado em suas constantes mudanças. Aqui, marcada pela vanguarda e ao mesmo tempo pelo respeito às características do terroir.

A permanente vocação para explorar novas variedades de terroirs do Chile dá origem à vinhos inovadores e de vanguarda como os da linha Marques de Casa Concha, rótulo de alta gama da Vinícola Concha Y Toro.

Mais uma vez a história se repete e se perpetua com a chegada de dois novos vinhos de nobre linhagem, ao portfolio da marca:

Cinsault

Marques de Casa Concha Malbec e Marques de Casa Concha Cinsault Rosé, ambos, prova viva de que a linha segue inovando e incorporando nos últimos anos mudanças na vinificação de algumas cepas mais emblemáticas, ao reduzir o uso de barricas novas e ao adotar o uso de fudres (grandes tonéis de carvalho francês), além de explorar novos vales, em busca da melhor expressão de cada variedade.

Malbec

Desde sua criação, Marques de Casa Concha tem sido amplamente reconhecido pela imprensa internacional e conquistado menções por 5 vezes na lista dos 100 melhores vinhos do mundo pela Wine Spectator.

E sempre acompanhamos este crescimento e inovação, pois somos admiradores desta linha e da vinícola.

Os vinhos são fiéis a expressão de origem e variedade e representam a diversidade de terroirs do Chile. Experimentar novas técnicas de vinificação e manter o espírito inovador da marca, somando-se à habilidade de dar aos vinhos personalidade e sentido de origem, é o que move Marcelo Papa, enólogo de Marques de Casa Concha, a criar rótulos excepcionais, e o que faz dele um dos profissionais mais reconhecidos e respeitados do Chile. A chegada destes dois novos rótulos atesta a capacidade de Papa, de continuar surpreendendo e inovando através dos anos.

Aguardamos ansiosos para poder provar estes dois últimos lançamentos.

Quem é Marcelo Papa

Enólogo super premiado, e diretor técnico da Concha Y Toro, Marcelo Papa está à frente dos vinhos Marques de Casa Concha há mais de dez anos. Foi enólogo do ano em 2004 pelo Guide to Chilean Wine, e em 2007, pela Chilean Circle of Wine Writers e Chilean Food and Wine Association. Este ano, em 2019 conquistou novamente a posição de melhor enólogo do ano pelo Chile Special Report do Tim Atkin.

Marques de Casa Concha Malbec – Produzido no Vinhedo Lourdes, na área de Pencahua, na zona entre as Cordilheiras do Vale del Maule, este vinho se caracteriza por sua diversidade aromática, taninos firmes e notas de cereja ácida e ameixas negras. Frutoso, denso e vibrante, mantém a complexidade no paladar, com final persistente. 100% Malbec e com teor alcóolico de 13,5%, alcançou 92 pontos no Descorchados.  Onde comprar: Ville du Vin, Emporio Frei Caneca (SP) e St. Marché (nas próximas semanas)

Marques de Casa Concha Cinsault  Rosé –  É o Itata Valley, na margem norte do rio Itata, a 18 km do mar, com vinhas com mais de 60 anos, que dá origem a este rosé requintado, de cor damasco pálido, com notas de romã e melão rosa. Na boca, mostra suavidade e cremosidade, notas minerais, frescor e delicadeza. 100% Cinsault e com 11,5% de teor alcóolico, recebeu expressiva pontuação, sendo 92 pt no James Suckling, 90 pontos junto a Tim Atkin e 92 no Descorchados.

Os dois novos vinhos chegam ao mercado com o valor de R$ 120,00 e já estão disponíveis em muitos pontos de venda.

 

 

Adobe Reserva Rosé: Força e elegância no Dia Internacional da Mulher

20190213_165720

A La Pastina através do produtor Emiliana, gigante vinícola orgânica chilena, traz o vinho Adobe Reserva Rosé, junto com a reformulação dos seus rótulos, em novo estilo e elegância.

A linha de vinhos vêm representada pela figura do galo em toda a sua audácia, elegância, majestade e força, símbolos dos valores sustentáveis da vinícola em sua busca constante pela melhoria de produtos e sustentabilidade, aliada à grande preocupação ao meio ambiente.

Nós não poderíamos deixar de falar do vinho, em data tão especial, o Dia Internacional da Mulher.

Não que o vinho rosé se caracterize ao sexo feminino, muito pelo contrário, apreciamos e muito todos os vinhos e principalmente os rosés bem feitos. Mais ainda por sua sutileza, aromas envolventes e todas as outras qualidades citadas acima que para nós, caracterizam entre tantas outras qualidades, o sexo feminino em toda a sua plenitude, vigor, feminilidade e inteligência.

20190213_180050

Harmonizamos o vinho com um prato especial, uma massa que levou Spaghetti ao molho de tomates e especiarias com creme de leite. Prato especialmente elaborado para unir as pessoas em seu amor verdadeiro e puro.

Unimos sabor, certa picância, dada com a calabresa sêca e a suavidade do creme de leite, o que harmonizou perfeitamente com o vinho em um conjunto único que soma o lado feminino ao masculino sem julgamentos, sem observações, só verdades e sutilezas únicas em quem tem respeito por tudo.

O vinho é orgânico e produzido pelo corte das uvas Syrah, Cabernet Sauvignon e Merlot.

20190213_180259

Fácil de beber, com uma cor excepcionalmente linda, frutado sem ser incomodativo, fresco e de final pronunciado que se somou ao prato elaborado e se somará a qualquer bom momento vivido de paz e respeito mútuo.

Por isto escolhemos este dia para falar deste vinho que desde sempre nos encanta e nos emociona. O vinho Adobe Rosé Reserva 2018.

E convidamos você leitor para experimentar o vinho e com suas habilidades desenvolver seus próprios pratos, descobrindo sabores e vivenciando experiências. Saúde!

La Pastina

www.lapastina.com.br

0800-7218881

Produtor: Emiliana Organic Vineyards, Chile

 

Vinho Maray Pinot Noir é delicado e intenso

IMG_8306

Provei mais uma vez o vinho Maray Pinot Noir 2012 da Almeria.

Confesso que tenho certa dificuldade em gostar desta uva fora da França, mas neste caso, me surpreendi pela qualidade e também pelo custo X benefício.

Um vinho proveniente do Chile e 100% da casta Pinot Noir, uva delicada e tão difícil de ser cultivada, pela sua fragilidade.

Do Vale do Limari, que fica ao norte do país, produzido pela Viña Tabali, conceituado produtor chileno.

De coloração vermelho profundo, apresenta notas de frutas vermelhas no nariz, como ameixas e groselha, integra toques de baunilha, fruto de sua passagem por 10 meses em barricas de carvalho francês.

Sua estrutura em boca é de taninos macios e integrados. Delicado, suave e envolvente, é um vinho para todas as horas. Muito elegante!

A sugestão de harmonização vai para carnes vermelhas e massas com molhos vermelhos leves. Ou mesmo para uma pizza.

IMG_8308

Ideal para acompanhar uma entrada, como queijos e para se beber descontraidamente.

Possui 13,5% de teor alcoólico e seu preço de referência de mercado é na faixa de R$ 60,00.

Vale a pena provar e tenho certeza que ele vai encantar ainda mais seu momento.