Bodegas Martín Códax – Península Importadora

Temos a satisfação de publicar uma entrevista exclusiva, concedida pelo Sr. Juan Vázquez da Bodegas Martín Códax.

Gentilmente ele nos encontrou e nos brindou com informações sobre os vinhos espanhóis, as características e conceitos na elaboração e comercialização dos seus vinhos.

Esperamos que apreciem e prestigiem, estes vinhos, os vinhos espanhóis, que têm apresentado grande evolução e busca por aprimoramento.

Neste caso, os vinhos são importados pela Importadora Península e também comercializados pela Vinnobile.

Segue a íntegra da entrevista.

Vinnobile Vinhos: www.vinnobile.wordpress.com

Vinhos de ótima qualidade da Vinícola Miolo: Lote 43 e RAR

Desfrutar de um vinho da qualidade do Lote 43, safra 2005 ou 2004 é um privilégio.

Miolo Lote 43

 

Lote 43:

Marcante pelas uvas Cabernet Sauvignon e Merlot, especialmente elaborado e envelhecido em barricas de carvalho, com ótima estrutura para envelhecimento e guarda. Possui notas de ameixa preta, aromas complexos, boa estrutura e corpo.

RAR

 

RAR:

O vinho que nasceu da parceria da Vinícola Miolo com a Randon. Vinho de guarda, corte das uvas Cabernet Sauvignon 60% e Merlot 40%, com aromas marcantes de azeitona verde, médio corpo, leve toque de madeira e ligeiro amargor no final, que desaparece rapidamente.

Abaixo vídeo com Adriano Miolo, enólogo falando sobre a empresa e seus vinhos.

Pizzato, vinícola familiar com vinhos de expressão

Estive na Pizzato em meados de 2005, onde já se preparava os vinhos que encontramos agora sendo comercializados no mercado. 

O enólogo era Ivo Pizzato, um jovem e promissor estudioso dos vinhos, que com seu jeito humilde e paciente, nos explicava os processos de plantio e vinificação, bem como os experimentos com castas novas. 

Destaque para os vinhos Concentus 2005 e Egiodola 2005.

Concentus 2005

 

O primeiro elaborado com as uvas Tannat, Merlot e Cabernet Sauvignon, formando um assemblage harmônico, significado do próprio nome. Aroma de frutas vermelhas, especiarias e ameixas secas. Na boca, encorpado com boa persistência e retrogosto prolongado.                      

Egiodola 2005

 

Egiodola, originária do cruzamento entre a Fer Servadou e a Abouriu (tintas), de origem francesa, feito pelo I.N.R.A.

Vinho tânico, de pouca acidez, bem agradável. Aromas de pimenta, groselha e frutas vermelhas. Na boca, médio corpo, persistente, apresenta frutas vermelhas e especiarias.

 

Abaixo, vídeo com Ivo Pizzato (in memoriam), falando sobre o plantio, a vinificação e a empresa.

Casa Valduga, surpreendendo com a elaboração dos espumantes

Comandada pelos filhos e herdeiros, Erielso, Juarez e João Valduga, a vinícola tem primado pela elaboração dos espumantes de qualidade, aliando empenho e desenvolvimento nas linhas. 

Família Valduga

Destaque para o espumante Casa Valduga 130 Brut, elaborado pelo método champenoise com as uvas Chardonnay e Pinot Noir. 

Abaixo vídeo com João Valduga falando sobre o processo champenoise em nossa viagem pela ABS e Terra Bela Turismo.