Ravin brinda 2014 com novidades de encher a boca: Francis Ford Coppola Winery

Copolla 3

Copolla 2

Mais uma vez a Ravin nos surpreende trazendo novos vinhos ao portfólio.

Agora foi a vez dos vinhos de Francis Ford Coppola, o famoso cineasta e sua vinícola adquirida em 1976.

São três vinhos selecionados para o nosso mercado:

Chardonnay, Zinfandel (na verdade um corte) e o “Director’s Cut, um blend de Zinfandel, Cabernet Sauvignon, Petit Verdot e Cabernet Franc.

Estou escrevendo este texto e provando nesta noite absurdamente quente, o Coppola Rosso & Bianco Chardonnay 2012.

Copolla 4

IMG_6192

Sobre este vinho é que vou falar e comentar, os outros, ah! Deixa o tempo ficar adequado e iremos provar e comentar.

Vinho untuoso, com ótimo corpo, robusto para um branco, um ótimo Chardonnay de Sonoma County.

No nariz, frutas tropicais, abacaxi e maça.

Na boca, é volumoso, intenso, leve toque amanteigado, não apresenta nenhum traço de limão, ou azedume, ou mesmo amargor. Apresenta na boca notas de pera, e muita fruta tropical mesmo, como abacaxi e um leve toque de tangerina, bem distante.

Vinho corretíssimo, muito fresco, ideal para ser tomado á partir de 6° e deixar apresentar todo o seu esplendor.

Vinho fermentado em aço inox, nenhuma referência de madeira. Um Chardonnay de corpo, alma e espírito.

Deixei parte dele esquentando na taça, e lá vão os aromas se intensificando, adocicando nossos sentidos.

Um vinho que vai bem com carnes brancas e peixes. Provei com um frango grelhado, bem leve e com uma saladinha de verão, folhas e tomate com pouco tempero.

Não é de se admirar que o mestre Coppola tenha acertado. Como um artista que desenvolve sua obra, seus filmes, o vinho segue os passos do cineasta, trazendo complexidade e envolvimento.

Coisa de cinema? Com certeza.

Une a boa arte na elaboração e com um final de quero mais!

Coppola 1

IMG_6194

Onde encontrar: Importadora Ravin

Preço de mercado: R$ 108,00

www.ravin.com.br

Tel.: (11) 5574-5789

Quando o calor nos afasta dos tintos: Vinho branco Allegretto

IMG_5885

Quem não está vivendo o calor absurdo em crescente temperatura?

Nas várias partes do Brasil se vive a alteração provocada pelo uso indevido dos nossos recursos. Como apreciador de vinhos, me preocupo tanto quanto na produção, como no consumo. Claro, fica difícil beber um vinho tinto com 35° de temperatura.

Este é o momento do verão em que precisamos hidratar nosso corpo, e claro, a água é a melhor forma. Mas, para quem não consegue ficar afastado do vinho (meu caso), há boas opções em brancos e espumantes.

Vinhos leves, para serem tomados com a temperatura de no máximo 8° (grande diferença em relação a temperatura ambiente). Ideal mesmo é com 6° e mantendo-se a bebida resfriada em balde.

Claro, o álcool eleva nossa temperatura corporal, o mesmo acontece quando tomamos cerveja, com a diferença que no caso dela, a sensação de frescor é imediata.

Mas o vinho tem lá seu lado também. Frescos e aromáticos, também proporcionam a sensação buscada do frescor. Vinhos como os das uvas Riesling, Gewurztraminer, Sémillon, Pinot Grigio, Chardonnay, Torrontés, Chenin Blanc, e até mesmo os espumantes, seja de que uva for, são bem vindos.

Bem, hoje vou provar o vinho Allegretto, vinho orgânico da Itália, região de Piemonte. Um vinho branco saboroso trazido pelo Savio, da Galeria do Vinho.

Elaborado com as uvas Cortese, Moscato e Favorita, apresenta aromas de marmelo, maça e mel. É denso, generoso, e possui também notas minerais. Muito refrescante e convidativo para este calor.

Hoje, com cuscuz de frutos do mar (Camarão, lula e badejo), perfeita harmonização!

IMG_5882

Bom para acompanhar peixes e também para ser degustado descontraidamente. É um “frizzantino”!

Uma delícia!

Galeria do Vinho: http://www.galeria-do-vinho-importadora.saviosoaresselections.com/index.html