Festival do Espumante se consolida como evento único do calendário nacional

20181124_151033

Evento aconteceu no Centro de Convenções Frei Caneca

Evento de degustação dá o start para o clima do verão e das festas de final de ano. Reuniu 26 importadoras e vinícolas com apresentação de mais de 140 rótulos escolhidos a dedo, sendo 11 lançamentos, todos disponíveis para compras no dia do evento com preços promocionais que variavam de R$ 29,90 a R$ 399,00. Disponíveis na loja do Empório Frei Caneca.

Dos participantes estavam:

Adega Alentejana, Baccardi/Martini, Barrinhas, Cantu, Casa Flora, Casa Perini, Casa Valduga, Cave Geisse, Decanter, Devinum, Don Guerino, Épice, Grand Cru, Inovini, Interfood, Italiamais, La Pastina, Miolo, Moët Henessy (Champagne Veuve Clicquot e espumante Chandon), Pernod Ricard (Champagne Perrier Jouet), Puklavec, Qualimpor/Freixenet, Ricex, Salton, Vinícola Aurora e Winebrands.

Mais uma vez a organização foi impecável! Fazendo do evento/degustação um momento de descontração onde pude experimentar as novidades e também os rótulos que eu não conhecia.

Claro que tenho meus destaques pessoais que encantaram e sobre eles falarei um pouco mais abaixo.

Mas o que valeu mesmo foi a oportunidade de provar espumantes de diversos países e tipos em um único espaço. Show!

20181124_160026

– O Cava Muga Conde de Haro Extra Brut, importado pela Épice e na faixa de R$ 99,00 no dia do evento.

Um  espumante único! De Rioja, Espanha. Corte das uvas Viura (90%) e Malvasia (10%), com 12,5% de teor alcoólico.

Com primeira fermentação em depósito de madeira de mil litros. A segunda fermentação se dá na garrafa em método tradicional. Tem excelente estrutura, perlage fino e abundante, predominam as frutas, flores e notas de mel e baunilha. Bastante complexo e elegante.

Um dos que mais apreciei na prova.

20181124_162542

– O Espumante Bocelli Brut Rosé foi outro que me inspirou. Importado pela Itália Mais.

Na composição 50% Chardonnay, 35% Prosecco e 15% Pinot Noir. Passa três meses em garrafa. É delicioso, fino, com ótima acidez e ao mesmo tempo é seco.

Tem no final de boca uma sensação de doce de goiaba, ou goiaba mesmo.

Sensacional! Faixa de preço no dia do evento de R$ 112,00.

20181124_154250

– Outro que me encantou e encanta, sendo uma ótimo custo x benefício é o Espumante Casa Valduga Sur Lie, claro, da Casa Valduga, Brasil, Vale dos Vinhedos.

Na composição 80% Chardonnay e 20% Pinot Noir.

Passa por maturação mínima de 30 meses em cave + evolução até abertura da garrafa e maturação parcial (10%) em barricas de carvalho francês

Na faixa de R$ 69,00.

Se apresenta em sua forma mais bruta, sem dégorgement e consequentemente, sem dosagem pós-dégorgement de licor de expedição.

Por não passar por este afinamento, a autólise das leveduras ocorre enquanto a garrafa mantem-se fechada. Esse é o grande diferencial deste exemplar, ele continua envelhecendo por tempo indeterminado e a decisão de interromper esse processo é única e exclusiva sua, que decidirá o tempo de maturação da bebida, para aprecia-la conforme sua preferência.

Mais alguns outros que me encantaram:

Espumante Casa Valduga 130 Blanc De Noir, os Líricas da Decanter, os Champagnes Taittinger Brut Reserve Blanc e Prestigie Rosé e o Champagne Deutz Brut Classic.

Para harmonizar tivemos um buffet especial composto por risoto de funghi chileno, ceviche, terrine, dadinho de tapioca, polenta em cubos, mini tartar de salmão, homus, caponata, castanhas, queijos, frios, frutas, pães, patês, azeitonas, canapés, espetos mistos, voulevant de creme com frutas, mini cookies e frutas secas.

20181124_182316

Outro evento destes agora? Ah! Só no ano que vem!

Saúde!