Champagne RICH da Maison Veuve Clicquot é lançamento que alegra qualquer ocasião

Rich Unique 1

image003

“RICH your experience”

Veuve 3

Para quem adora versatilidade e descontração, o Champagne RICH da Veuve Clicquot é na taça o ideal de muitos apaixonados por esta bebida.

Veuve 1

Leve e com uma dosagem maior de açúcar é ideal para o preparo de drinks e muito versátil quando se fala de gosto e mixologia, pois possibilita uma infinidade de misturas, das mais simples (e não menos interessantes) as mais ousadas, que elevam o sabor a uma nova dimensão. É o primeiro Champagne do mundo criado para o preparo de drinks.

Um produto novo para um mercado crescente de novidades e que adora inovação e tem bom paladar.

Veuve 4

Minha experiência foi na suíte presidencial do Hotel Unique, no lançamento para a imprensa, com a possibilidade de experimentação e preparo dos drinks com RICH.

Eu e meu amigo Álvaro com nossos drinks

Eu e meu amigo Álvaro com nossos drinks

Não preciso dizer que além de preparar o meu próprio drink, composto de RICH, tangerina, gengibre e duas folhas de hortelã (além de 5 pedras de gelo, é claro) pude provar os outros preparos, incluindo RICH com pepino, RICH com chá de bergamota, RICH com limão, RICH com pimentão, entre outros.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Uma experiência única, muito agradável e prazerosa, pois possibilita com muita descontração a união entre o Champagne, o estado de espírito do “mixologista”, a fruta ou o ingrediente preferido, tudo em uma única taça e muitos sabores.

O preço sugerido é de R$ 420,00 e o produto já se encontra no mercado para venda.

SAC LVMH: (11) 3062-8388

Champagne Ruinart e Restaurante Epice: Ótimas opções no Dia das Mães

image002

Dia das Mães é dia especial. Dia de comemorar aquela que nos presenteou com a dádiva da vida.

Durante o almoço no restaurante Epice, no domingo (Dia 10 de maio), a mãe que optar por consumir uma garrafa do Champagne Ruinart Blanc des Blancs será presenteada com outra garrafa de Ruinart Rosé para levar para casa.

Ruinart Blanc des Blancs

Ruinart Rosé

Um presente especial da Maison de Champagne para comemorar esta data tão especial junto aos familiares a amigos.

chef Alberto Landgraf  (cred Joelma Handziuk)

O menu especialíssimo preparado pelo premiado Chef Alberto Landgraf (Uma estrela no Guia Michelin Rio de Janeiro & São Paulo) custa R$ 240,00 por pessoa e inclui uma taça de Ruinart Blanc des Blancs.

Menu Dia das Mães Epice & Ruinart:

Couvert: Pães artesanais / azeite extra-virgem / flor de sal / manteiga

Abóbora assada / leite de castanhas / cuscuz de milho
Alho poró grelhado / pato curado / purê de limão / vinagrete de avelãs
Lula marinada / emulsão de manteiga / maçã verde
Peixe do dia / vinagrete de cenoura e vagem / couve seca

Pernil de porco /canjiquinha /cebola assada/ foie gras ou costela de boi / suco de agrião / vinagrete de cogumelos / cogumelos crus

Sorvete de castanha crua
Caramelos salgados

Reservas:

Epice Restaurante

www.epicerestaurante.com.br ou reservas@epicerestaurante.com.br.

Endereço: Rua Haddock Lobo, 1.002 – Jardins.

 

Campanha envolve a gostosa harmonização entre queijos e vinhos no verão

imagem_release_365897

Não é nada fácil aguentar este verão quente e se alimentar de forma adequada e prazerosa, ainda mais quando se é um apaixonado por vinhos e gastronomia.

A recomendação para os dias mais quentes são os vinhos mais leves e refrescantes. Brancos, rosés e espumantes são os mais indicados, pois em sua maioria oferecem maior frescor ao paladar. Outro ponto a levar em consideração na hora da compra é selecionar os vinhos mais jovens e de colheitas recentes.

E para não ficar só no vinho que tal um queijo? Os deliciosos queijos da campanha são excelentes opções para harmonizar com os vinhos “de verão”.

A harmonia é perfeita desde que observadas as características particulares que cada queijo possui. Elas podem variar não apenas dentro dos grupos, mas entre dois queijos do mesmo tipo, só que de produtores diferentes.

Os brancos de massa mole como o Brie e o Camembert, por exemplo, são o acompanhamento perfeito para os espumantes, sobretudo Champagne, seja pelo equilíbrio na acidez, seja pelo enfrentamento do sal moderado do queijo pela efervescência do vinho, mas aceitam parcerias vencedoras com Riesling.

Já o sal dos queijos azuis produzirá uma grande satisfação ao paladar quando harmonizado com vinhos doces, graças ao contraste do salgado com o doce, uma harmonização por oposição. O traço de caramelo destes queijos resulta em harmonizações clássicas e deliciosas com vinhos doces. Exemplo do Bleu d’Auvergne com o vinho branco doce Sauternes e o Maury, entre outras.

imagem_release_365890

Abaixo uma tabela prática de harmonização com oito queijos e alguns vinhos franceses. É uma harmonização perfeita para se fazer em casa.

Queijo: Bleu d’Auvergne / Grupo/família: queijo azul

Vinho: Sauternes Maury

Combinação clássica entre um queijo azul e um vinho doce natural, que suaviza o contraste do creme fermentado do queijo

 

Queijo: Brie / Grupo/família: queijo macio de mofo branco

Vinho: Rosé d’Anjou Cabernet d’Anjou

O sabor frutado do Brie, que varia de acordo com sua maturação, harmoniza perfeitamente com rosés levemente adocicados

 

Queijo: Brillat-Savarin / Grupo/família: queijo macio de mofo branco

Vinho: Champagne ou Crémant de Bourgogne

Contraste interessante entre a efervescência da Champagne ou dos Crémants com o triple creme do queijo

 

Queijo: Camembert / Grupo/família: queijo macio de mofo branco

Vinho: Sidra da Normandia *Calvados

A Sidra é companheira tradicional do Camembert: sua refrescância contribui para valorizar a intensa fermentação do queijo e seu sabor frutado. O Calvados* é outro casamento típico de seu terroir.

 

Queijo: Cantal / Grupo/família: queijo duro

Vinho: Pessac-Léognan Blanc

O Cantal é um queijo cujo sabor muda conforme a idade – quando jovem é suave, leitoso e sabor de nozes. Já quando bem curado, é mais forte. Acompanhe-o por um vinho como o Pessac-Léognan branco cujo aroma frutado e fresco é marcado pela Sauvignon e, quando aliado à Sémillon, traz aromas únicos de frutas confeitadas.

 

Queijo: Comté / Grupo/família: queijo duro

Vinho: Mersault (Borgonha) Condrieu (Rhône)

O Comté é um queijo maturado, de montanha, com sabor presente de nozes, que combina com vinhos de grande potência aromática, tais como o Mersault e o Condrieu brancos

 

Queijo: Coulommiers / Grupo/família: queijo macio de mofo branco

Vinho: Pinot Gris d’Alsace

O Coulommiers tem um sabor mais pronunciado que o Brie. Vinho redondo, suave, que alia frescura e flexibilidade, o Pinot Gris alsaciano alia-se aos sabores intensos do queijo

 

Queijo: Emmental / Grupo/família: queijo semiduro

Vinho: Riesling alsaciano / Champagne Blanc de Blancs

O Emmental, que possui um sabor de nozes e é levemente adocicado, necessita de vinhos mais encorpados.

* Calvados é uma bebida alcóolica destilada originária da Baixa-Normandia, na França, feita à base de maçã, da qual é extraída a sidra, que depois é fermentada e destilada. O Calvados é uma bebida AOC (Appellation d’Origine Contrôlée ou, em português, Denominação de Origem Controlada). Ou seja, só pode receber o nome Calvados a bebida feita em acordo com a legislação francesa e produzida naquela região específica.

Sobre a Campanha

Desde o ano passado, o CNIEL – Centre National Interprofessionnel de l’Économie Laitière ou, em português, Centro Nacional Interprofissional da Economia Leiteira – realiza a campanha “Queijos Saborosos, Momentos Prazerosos” a fim de intensificar e impulsionar o consumo de queijos da França nos hábitos alimentares dos brasileiros. Para isso foram eleitos oito tipos – Bleu d’AuvergneBrieBrillat-SavarinCamembertCantalComtéCoulommiers e Emmental – para serem consumidos em três momentos: durante a happy hour, como aperitivo e como ingredientes de entradas.

site oficial, a página Facebook o Instagram reúnem todas as informações e as atualidades da campanha.

www.queijosdafranca.com.br

www.facebook.com/queijosdafranca

instagram.com/queijos_da_franca

 

 

Harmonização: Fettuccine com camarões flambados ao Champagne e Chardonnay

F1

Toques & ClocherAutan Chardonnay e Receita de Fettucine

Foram produzidos quatro tipos de vinhos brancos, todos da uva Chardonnay e denominados os Toques & Clochers 4 Terroirs: Autan, Haute-vallée, Océanique e Meditterranéen, cada um com suas particularidades.

Falarei sobre o Toques & Clochers Autan e a harominização com um prato que criei.

F2

Complexo e refrescante, este vinho do Languedoc-Roussillon é elaborado 100% com a uva Chardonnay.

De coloração amarelo dourado intensa, tem aromas de frutas brancas e na boca é amanteigado com um toque mineral agradável, ótima acidez e notas de champignons frescos. Corpo médio e ótimo volume de boca, untuoso e vibrante.

O produtor combina o respeito à tradição e a utilização das mais novas e modernas tecnologias, a vinícola tem no seu processo de produção dos vinhos todo o cuidado necessário para que nada passe despercebido.

Considerada pioneira no território em termos de qualidade dos produtos e técnicas vitícolas, ela é responsável por abrigar uma área de, aproximadamente, 2.800 hectares com belíssimos vinhedos. A influência do Mediterrâneo, dos Pirinéus e do Oceano Atlântico é o que torna sua marca tão famosa e prestigiada.

Envelhecido por dez meses em barricas de carvalho francesas. Teor alcoólico de 13%. Faixa de preço acima de R$ 100,00.

Abaixo a receita que harmonizou perfeitamente com o vinho.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fettucce ao molho de camarões flambados ao Champagne

Rendimento: 5 porções bem servidas

Ingredientes:

– 500 gramas de massa da sua preferência, neste caso Fetuccine;

– 500 gramas de camarões frescos médios limpos, sem casca e sem cabeça;

– 5 tomates maduros e firmes

– 5 grandes cogumelos frescos brancos

– 2 cebolas médias

– 1 colher de manteiga fresca

– 1 colher de chá de pimenta calabresa seca

– 150 g de cebolinha e 150 g de salsa

– 1 lata de creme de leite

– 4 dentes de alho médios

– 1 cálice de rum para flambar

– 200 ml de Champagne (ou um espumante Brut)

– Azeite

– Sal a gosto

Modo de fazer: 

Pique a cebola, os 4 tomates em quadradinhos (O 5º tomate pique separadamente e grosseiramente em grandes cubos), fatie os cogumelos e reserve tudo.

Esprema o alho em uma panela grande com azeite para dourar e junte metade da cebola picada.

Junte os 4 tomates picados e deixe em fogo brando, mexendo algumas vezes para não grudar.

Em outra panela coloque a água e o óleo, bem como o sal e assim que ferver, coloque a massa.

Em uma frigideira grande coloque azeite e manteiga fresca e frite os camarões de forma que fiquem firmes e devem ter sido ligeiramente salgados ao seu gosto.

Adicione o rum á frigideira. Vire levemente a frigideira de forma que o líquido entre em contato com a chama do fogo, e deixa flambar. Cuidado!

Na panela da cebola e tomates, junte o cogumelo fresco em fatias e o tomate picado grosseiramente, adicione a 2/3 da cebolinha e da salsinha e a pimenta calabresa seca. Deixa cozinhar enquanto escorre a massa ao dente. Acrescente a todo este preparo 200 ml de Champagne e deixe ferver aumentando o fogo.

Após todo o molho pronto, acrescente 1 lata de creme de leite diminuindo um pouco o fogo até começar a ferver. Fervendo desligue o fogo.

Em um prato fundo coloque a massa e por cima o molho pronto de camarões e Champagne. Coloque cebolinha e queijo parmesão.

Pronto!