No Inverno ou no Verão, Campos do Jordão em qualquer estação – Parte II

20190709_122049

Dicas de onde se hospedar e comer em Campos do Jordão / SP

Continuando nossa matéria com dicas importantes, não poderia deixar de mencionar os espetaculares restaurantes que pude visitar e apreciar em Campos, cada um com sua particularidade. Bem como sobre o Hotel Toriba, onde ficamos hospedados na última noite.

Naquela manhã geladinha em Campos, após o café, fomos mais uma vez dar um passeio pelo centrinho e entre uma parada e outra, tomamos nosso “amado” cafezinho.

O sol já aquecia a manhã e o ventinho cortante roçava nossos rostos. O tempo voava, como nos bons momentos onde tudo parece perfeito, tanto é que quando nos demos conta já era hora de rumar para o almoço no restaurante Dona Chica, localizado afastado do burburinho.

20190709_121737

Fica no Parque Estadual de Campos do Jordão, o Horto Florestal.  Apesar de um tanto mais distante, vale muito o passeio, tanto para os casais como para á família e crianças, já que há local de descanso aquecido e brinquedos.

Não posso deixar de mencionar a agradável gastronomia que busca ingredientes regionais com deliciosos sabores de uma culinária natural e artesanal.

Fomos muito bem recebidos. O local é bem arborizado e aconchegante.

20190709_132129

 

Lá provamos bolinhos diversos e o “porquinho” ou Leitão Caipira, acompanhado de arroz, salada, batatas, feijão e farofa de pinhão, além de queijos “vivos” da Mantiqueira. Uma refeição maravilhosa que foi finalizada com um trio de doces caseiros. De “babar”!

O local também possui um empório, onde é possível comprar mel, queijos, cachaça e muitas outras gostosuras.

O almoço foi longo entre os amigos, coquetéis e a boa conversa.

Saímos animados e retornamos ao hotel onde fizemos uma breve caminhada e descansamos até a noite.

Após tomarmos nosso banho e nos dirigirmos mais uma vez ao centrinho de Campos, fizemos algumas “comprinhas” (Ninguém resiste a um chocolate!), nos dirigimos ao restaurante Vila Chã onde fomos recebidos pelo proprietário, Nelson.

20190709_202634

Lá provamos iguarias como a “Alheiras de Mirandela”, típico embutido português, e claro, fomos acompanhados do vinho Gran Cuvée Espino Chardonnay 2016 que combinou tanto com a entrada como com o prato principal escolhido, um Bacalhau à Vila Chã que vem acompanhado de brócolis, azeitonas pretas e batatas portuguesas, uma delícia!

A casa é muito bem localizada e próxima ao centrinho. É ampla, bem distribuída em seus espaços internos e possui uma infinidade de vinhos que atendem o melhor e mais exigente apreciador. Nem preciso comentar dos pratos, são muito bem feitos e saborosos.

Após a sobremesa nos dirigimos bem cansados pela atividade do dia para o nosso hotel onde repousamos.

20190710_123406

Dia seguinte mais um dia de “rotina” e “orgia” gastronômica, entre as andanças e caminhadas o objetivo agora era conhecer o novíssimo (e recém inaugurado) retaurante Moringa Mantiqueira.

Comandado pelo chef Vitor Rabelo, é um restaurante que busca uma gastronomia regional com composições inusitadas e harmônicas. Ainda é um endereço a ser explorado (E aproveitado) pelo visitante de Campos.

20190710_124310

Cheirando “novo” apresenta opções em entradas como o bolinho de jiló recheado com linguiça e empanado na farinha de torresmo (R$ 22,00 a porção), uma das iguarias que provamos.

Provamos o Bife de chorizo serenado com açúcar mascavo dos coqueiros, creme de mandioca, brócolis caipira e molho roti (R$ 44,00) e também o Jarret de leitão Del Veneto, angu mole de milho crioulo, banana grelhada e couve refogada (R$ 48,00), acompanhado do vinho brasileiro BAU 9.4 safra 2017 da uva Syrah.

Das sobremesas, dos deuses, provamos o Creme brulée de doce de leite Eisland recheado com fatia de queijo Alagoa – MG e flor de sal (R$ 28,00), bem como a Coalhada, favo de mel, frutas vermelhas e manjericão (R$ 26,00) de perder o fôlego!

Nem preciso dizer de que forma saímos de lá. Muito satisfeitos mas com peso extra a ser queimado em caminhadas.

20190710_163420

Desta vez ficamos hospedados no Hotel Toriba. Já nosso conhecido, possui instalações amplas e muito confortáveis, com várias salas, incluindo a sala de piano e o bar.

Com piscina e SPA, com uma paisagem fascinante, é um lugar lindo e convidativo para ir em casal ou com a família e crianças.

Lá estivemos por algumas vezes e sempre fomos muito bem recebidos e acomodados.

Caminhamos um pouco pois a tarde já caia e observamos mais uma vez a paisagem típica da região ao entardecer, sem deixar de dar uma volta no SPA Toriba, no Toribinha e absorver o ar puro da paisagem verde, regados a um céu azul de brilho límpido e acolhedor.

20190710_172717

Bem no finzinho da tarde, quase noite, sentamos para ouvir o som do piano acompanhados de um bom vinho, produzido pela Vinícola Villa Santa Maria com rótulo especial para o Hotel Toriba, o vinho corte Bordalês de Merlot (71%), Cabernet Franc (17%) e Cabernet Sauvignon 12%), safra 2014, um momento único que reuniu o som de músicas consagradas em harmonização sensorial indescritível.

Finalizamos a noite com jantar no Restaurante do hotel, o Pennacchi, com um Creme de palmito com queijo gratinado (R$ 45,00), Carpaccio com folhas (R$ 35,00), Stinco de Javali com polenta cremosa e queijo de cabra e Picanha ao molho de alho e arroz primavera.

20190710_172433

Dormimos como anjos em noite fria mas aquecidos pelos momentos vivenciados.

No dia seguinte acordamos bem cedo, tomamos banho e o nosso café especial e rumamos para São Paulo, afinal, a vida não para!

Até a próxima!

Nosso agradecimento a Cozinha da Montanha pelo acolhimento, em nome de nossa querida Valéria.

Assista os vídeos relativos a estes textos em nosso canal no YouTube:

– Hotel Toriba: https://www.youtube.com/watch?v=KcZzTnp_lEw&t=97s

Avenida Ernesto Diederichsen, 2962 – Campos do Jordão – SP (12) 3668-5000

– Retaurante Dona Chica: https://www.youtube.com/watch?v=s_R7Av4Muwc&t=3s

Avenida Pedro Paulo, S/N – Horto Florestal – Campos do Jordão – SP (12) 3663- 3953

– Restaurante Vila Chã: https://www.youtube.com/watch?v=cgxrsFTdCnQ&t=3s

Avenida Engenheiro Diogo de Cravalho, 99 – Capivari, Campos do Jordão – SP (12) 3663-4702

– Restaurante Moringa Mantiqueira: https://www.youtube.com/watch?v=AzwFFHjHU3c&t=5s

Avenida Emílio Ribas, 478 – Capivari, Campos do Jordão – SP (12) 99641-2787

Se inscreva em nosso canal Rotas e Notas: https://www.youtube.com/channel/UCL1PImUtzqUub4xF0iktSPQ?view_as=subscriber

Acompanhem nossas contas no Instagram:

Rotas e Notas: @rotasenotas

Vinho dos Anjos: @vinhodosanjos

Divino Guia: @divinoguia

 

Bacalhau a Brás: Onde comer e como preparar

Logo Bacalhau

Restaurante Bacalhau, Vinho & Cia ensina a fazer esse clássico da culinária portuguesa

A culinária portuguesa é mundialmente conhecida pelo critério na seleção de ingredientes e pela qualidade de seus pratos balanceados, com proteínas magras e gorduras saudáveis.

Todos estes itens fazem parte até da dieta rigorosa de atletas como Cristiano Ronaldo, grande fã do bacalhau a Brás.

Confira abaixo a receita desse prato clássico em Portugal que tanto amo e que também pode ser saboreado no Restaurante Bacalhau & Vinho, em São Paulo.

codfish with potato chips and olives on white plate

Bacalhau a Brás

Ingredientes:

– 400 g de bacalhau pré cozido e desfiado

– 3 colheres de sopa de azeite

– 500 g de batatas cortadas em palha

– 6 ovos cozidos

– 3 cebolas em rodelas finas

– 1 dente de alho picadinho

– salsa a gosto

– sal a gosto

– pimenta a gosto

– óleo para fritas

– azeite de oliva extra virgem

– azeitonas pretas

Modo de preparo:

Primeiro frite as batatas cortadas em palha até dourarem ligeiramente em óleo quente, cerca de 8 minutos, e coloque sobre um papel absorvente.

Em uma panela de fundo espesso, coloque o azeite, as rodelas finas de cebola, o alho e refogue lentamente até dourar. Em seguida adicione o bacalhau e misture de forma que o peixe fique bem impregnado pelo azeite (sempre!).

Em fogo baixo, adicione as batatas ao bacalhau e coloque os ovos ligeiramente batidos e temperados com sal e pimenta.

Mexa com um garfo e logo que os ovos estejam cremosos e cozidos desligue o fogo e coloque o bacalhau em uma travessa.

Polvilhar salsa fresca picada e servir com azeitonas pretas.

Na hora de servir, regue o prato com um bom azeite extra virgem e pronto! Só saborear!

E lógico, não esqueça de harmonizar com um bom vinho branco! Fica fantástico!

E se alguém fizer a receita, é só me convidar!

Receita: Chef Carlos Pallas

Rendimento: 4 porções

Sobre o Bacalhau, Vinho & Cia

Instalado em um charmoso edifício de fachada portuguesa e prestes a completar 45 anos de atividades, o Restaurante Bacalhau, Vinho & Cia faz parte do hall de estabelecimentos clássicos da cidade São Paulo. Em um amplo salão despretensioso e aconchegante com decoração rústica, evoca a atmosfera de tascas portuguesas, muito comuns na capital nos anos 70.

A casa é comandada pela Família Pallas há três gerações, tendo hoje Carlos Pallas na gestão, e no comando da cozinha o jovem chef Caique Pallas, que coordena a mesma equipe montada por seu avô, há mais de 40 anos. O segredo do sucesso e da qualidade é preservado a sete chaves pela família, que só trabalha com ingredientes de primeira linha e volta todas as atenções ao bacalhau.

Bacalhau, Vinho & Cia

Rua Barra Funda, 1067 Barra Funda, São Paulo – SP

Tel. (11) 3666-0381 e 3826 7634

http://www.bacalhauevinho.com.br

Horário: terça a sábado das 11h às 23h / domingos e segundas -feiras das 11h30 às 17h

Aceita todos os cartões de crédito e débito e vales refeição

Capacidade: 200 lugares

Delivery: Ifood e telefones da casa

Possui acessibilidade a portadores de necessidades especiais

Valet com manobrista

 

 

Páscoa e vinhos, uma deliciosa combinação

Agora que o mês de março chegou, temos uma data importante para comemorar, a Páscoa.

Do seu significado mais espiritual, ao momento especial de brindar entre familiares e amigos, o vinho não pode faltar, e nem o bacalhau.

Inovini 2

Para harmonizar com os diversos pratos, a Inovini traz sugestões dentro do seu portfólio de produtos.

Inovini 1

O vinho branco seco Sibaris Gran Reserva Chardonnay (Undurraga/Chile) é denso e com frescor intenso. Apresenta muita fruta amarela, cítrica e nuanças de baunilha. É delicioso com saladas e pratos de peixes como o bacalhau! Valor sugerido: R$ 106,00

Inovini 3

Outra opção que também combina muito bem no verão com pratos de saladas e peixes, caso do bacalhau, é o vinho branco seco Villa Wolf Pinot Gris (Dr. Loosen/Alemanha) que tem boa densidade, sabores frutados e muito frescor. Valor sugerido: R$ 93,00.

Inovini 5

Inovini 4

Para pratos como o ceviche, que particularmente adoro, sugiro o saboroso e delicado vinho, com nuanças de frutas cítricas, minerais, acidez vibrante e ótimo equilíbrio, o Estate Riesling (Doña Paula/Argentina), além de delicioso como aperitivo é excelente com pratos delicados, como o ceviche (peixes) e saladas! Valor sugerido: R$ 105,00.

Inovini 6

Outra excelente opção é Pinot Grigio (CorteGiara-Allegrini/Itália) versátil, pode ser bebido como um aperitivo.

Com sabor de frutas brancas frescas, acidez gostosa e salivante, também acompanha pratos leves como o ceviche, frutos do mar grelhados, sushis e sashimis. Valor sugerido: R$ 82,00.

Inovini 8

Inovini 7

Mas se você é daqueles que prefere, por exemplo, um belo cordeiro, a sugestão fica por conta dos vinhos Grande Réserve (Los Vascos/Chile) que é denso, intenso e com acidez equilibrada.

Apresenta deliciosos sabores frutados e um toque de alcaçuz, sendo ideal para acompanhar carnes vermelhas, como cordeiro. Valor sugerido: R$ 138,00.

Inovini 9

O Nebbiolo Perbacco (Vietti/Itália) é um tinto seco com bom corpo, sabores de frutas vermelhas, especiarias, minerais e acidez refrescante.

Excelente opção para pratos à base de carnes vermelhas e de caça (grelhadas, assadas ou cozidas)! Valor sugerido: R$ 175,00.

Inovini 11

Inovini 10

Para o chocolate não pode faltar um bom vinho do porto, o Ferreira Tawny (Ferreira Porto/Portugal), é um fortificado doce que apresenta bom equilíbrio entre os taninos maduros, o frescor e a doçura.

Acompanha muito bem chocolate 70% cacau e uma variedade de sobremesas com caramelo ou café; torta de maçã ou um tradicional crème brûlée. Valor sugerido: R$ 116,00.

Inovini 12

O Jerez potente, denso, doce, mas com equilíbrio e cheio de sabores de fruta negra seca o Solera 1847 Cream (González Byass/Espanha) é um excelente vinho de sobremesa para acompanhar doces à base de chocolate negro e frutas secas, como figos, tâmaras, uva passa, nozes, amêndoas e avelãs. Sugestão de valor: R$ 136,00.

Assim, sua Páscoa está completa e todos vão adorar! Saúde!

Maiores informações: www.inovini.com.br

 

 

 

 

Prato executivo do Restaurante Tempranillo apresenta ótimas opções por R$ 49,00

IMG_7008

Estive esta semana  no restaurante Tempranillo, localizado na Vila Nova Conceição em São Paulo e pude provar uma das opções do prato executivo do restaurante.

Nele inclui salada de entrada, prato principal e sobremesa.

Mas claro, eu não poderia deixar de acompanhar meu almoço com uma boa taça de vinho (No meu caso foram duas).

No cardápio ao menos duas opções de entrada, três opções em pratos e três em sobremesa, totalizando os R$ 49,00 reais (Mais a taxa de serviço).

IMG_7010

IMG_7013

No meu caso eu pedi a salada, bacalhau (Que estava divino) e sorvete de melão.

O vinho que tomei  foi o Encostas da Pedra Alta 2012 do Douro, servido em taças ou garrafa.

Vinho com ótima acidez, das uvas Malvasia Fina, Gouveio e Rabigato com 13% de álcool e da Região do Douro.

O produtor é o Quinta da Pedra Alta, vinícola muito premiada com seus vinhos.

A  casa possui uma carta de vinhos invejável e muito bem cuidada.

Bem, se alguém for novamente ao Tempranillo, me convida, adoro o lugar!

Saúde!

Onde encontrar o vinho Encostas da Pedra Alta:

Restaurante Tempranillo

Rua Jacques Félix, 381 – Vila Nova Conceição

São Paulo – SP

Estacionamento com manobrista

TW Wines Importação e Exportação, Ltda

Rua Manoel Jacinto, 792 Loja – 2

Morumbi, São Paulo, SP – CEP – 05624-001

Tel.: (11) 2861-7350